| Futebol

Bandeira faz alerta sobre ausência do Fla no Maracanã: "Vão quebrar a cara"

Presidente garante que clube não pretende atuar no estádio se não for o protagonista de sua administração

Após o treino desta quinta-feira, o presidente Eduardo Bandeira de Mello se pronunciou no Ninho do Urubu para comentar o posicionamento do Flamengo em relação ao Maracanã. Recentemente, uma série de acontecimentos de bastidores passaram a ameaçar os planos do clube de ser o administrador do estádio, por meio de licitação.

- Todo mundo sabe que para o Maracanã ser viável ele depende do Flamengo. Seja através de licitação ou da transferência, eu não vejo uma saída melhor para o Maracanã que não seja com o Flamengo como protagonista. Podemos assegurar que se o Flamengo for o gestor, o Estado do Rio não vai precisar colocar um centavo sequer na manutenção do estádio. Não sei se outros grupos poderiam garantir o mesmo. Se houver uma solução em que o Flamengo não participe, o Flamengo não vai jogar no Maracanã. O que a torcida precisa saber, e estar preparada, é que se inventarem uma solução heterodoxa com um grupo estranho que venha a assumir e ele pretender contar com o Flamengo, se achar que vamos ser obrigados a jogar no Maracanã por causa disso, vão quebrar a cara. O Flamengo gosta muito do Maracanã mas sobrevive sem ele. Não sei se o Maracanã sobrevive sem o Flamengo.

Nas últimas semanas, o Governo do Estado do Rio de Janeiro passou a trabalhar para transferir de forma direta a concessão do Maracanã da Odebrecht para a francesa Lagardère - associada à brasileira BWA. Recentemente a Federação de Futebol do Rio de Janeiro se aliou às duas empresas para operar os jogos de futebol do estádio.


Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/11/bandeira-faz-alerta-sobre-ausencia-do-fla-no-maracana-vao-quebrar-cara.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.