Barbieri exalta seriedade do Flamengo na despedida de Julio Cesar: 'Ninguém achou que seria festa'

Barbieri exalta seriedade do Flamengo na despedida de Julio Cesar: 'Ninguém achou que seria festa'

Foi uma despedida, mas com relevância bem maior do que aqueles amistosos que costumam ser realizados para um jogador dar adeus ao futebol. Julio Cesar foi inclusive um dos destaques do Flamengo na partida contra o América-MG, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Para o técnico Maurício Barbieri, a seriedade com que o goleiro e a equipe encararam o jogo fez a dierença.

- Ninguém entrou achando que seria uma festa, mas sim que precisava ganhar, até em função da despedida do Julio Cesar. Na preleção, ele deixou bem claro, afirmou que o mais importante era a vitória, os três pontos o deixaria satisfeito - destacou.

O treinador elogiou a atuação da equipe neste sábado, especialmente no primeiro tempo. Barbieri ainda destacou a sequência dura de jogos que o Flamengo tem tido na temporada:

- O jogo teve coisas positivas e outras que temos de ajustar, todos os jogos são assim. Tenho de olhar para o rendimento do time. Quarta-feira o resultado foi ruim, mas o rendimento teve coisas boas.

O Flamengo entrará em campo novamente quarta-feira, contra o Santa Fé, da Colômbia, fora de casa, pela Libertadores.