Barbieri reclama de pênalti e não se preocupa com primeiro revés no Fla

Barbieri reclama de pênalti e não se preocupa com primeiro revés no Fla

A derrota para a Chapecoense, por 3 a 2, marcou a primeira de Maurício Barbieri no comando técnico do Flamengo. Antes, eram oito jogos oficiais, com quatro vitórias e quatro empates - além de um triunfo em um amistoso. E o revés veio com pênalti duvidoso, feito por Jonas, no segundo gol da equipe catarinense. Motivos de muita reclamação do treinador.

- Na minha opinião não foi pênalti. Segunda vez que o Flamengo é prejudicado no Campeonato. Isso precisa ser revisto, se tivesse árbitro de vídeo. Flamengo está sendo prejudicado. A Chapecoense não tem nada com isso, fez o jogo dela - reclamou o comandante.

Atuando com um time com muitos reservas, o treinador até gostou da atuação rubro-negra. Segundo ele, a derrota não cria nenhuma preocupação par aa sequência da temporada.

- De maneira alguma a derrota me preocupa. Melhoramos no segundo tempo. Estávamos melhor no jogo, em um lance infeliz nosso, eles acabaram fazendo o gol. Nossa ideia era ganhar o jogo. Uma equipe que não vem jogando junto, vai ter dificuldades. Erramos mais do que costumamos. Fizemos primeiro tempo abaixo do esperado - lamentou.
 
O treinador ainda exaltou o momento do Flamengo, que mesmo com a derrota segue líder do Brasileiro - nos critérios de desempate - está classificado na Copa do Brasil e próximo da vaga para a próxima fase da Copa Libertadores.

- Para todos os efeitos ainda somos líderes do Brasileiro. Para todos os efeitos estamos classificados na Copa do Brasil e dependemos só da gente na Libertadores. Por isso a derrota não preocupa - completou.

VEJA MAIS DA COLETIVA DO TREINADOR


Psicológico abalado com derrota?

Não traz prejuízo nenhum. É sempre complicado jogar aqui. Se não me engano a última derrota tinha sido para o Flamengo, no ano passado. Vamos levar coisas positivas e agora é avaliar os jogadores e ver o que podemos levar do time muito forte para esse jogo.

Volta de Diego
​Acho que em relação a parte física, ele se comportou bem e tínhamos essa dúvida se jogaria. Tecnicamente não fez um grande jogo, mas está em evolução e acho que quarta-feria tem condições de fazer um jogo muito melhor do que esse.

Vitórias no Brasileiro só contra times recém-promovidos
Reflexo nenhum não ter vencido times que já estavam na Série A no ano passado. Sabemos que é difícil jogar em Chapecó. Puxou analise por uma questão que não entra em campo. O Inter não pode ser considerado assim. Tanto que o Grêmio, que vem jogando muito bem. não conseguiu vencer em casa eles, e nós sim.