Barbieri repudia baderna no aeroporto antes de embarque: “Lamentável”

Barbieri repudia baderna no aeroporto antes de embarque: “Lamentável”

Flamengo e Ceará se enfrentaram em Fortaleza e o Mais Querido levou a melhor: com dois gols de Vinicius Jr e um de Diego Ribas, o rubro-negro venceu e com facilidade a equipe da casa. Ao fim da partida, o técnico Maurício Barbieri comentou o ocorrido no embarque do time, na última sexta-feira. Um grupo de torcedores intimidou e cercou jogadores. No entanto, ressaltou o carinho recebido desde a chegada em Fortaleza e ressaltou a liderança do camisa 10, que foi um dos focos da cobrança:

O que aconteceu na saída é lamentável, inadmissível, e o contraponto é o calor que recebemos aqui. Depois do aeroporto, tivemos apoio irrestrito e isso foi muito importante. Diego é um jogador formidável, uma liderança, que se dedica, tem os melhores números, chama o jogo para si. Claro que às vezes dá certo e outras nem tanto. A cobrança muitas vezes é exagerada como se fosse o culpado. Não é. E hoje pôde se destacar.

O que mudou no time
Não sei. Talvez a avaliação de quem está do outro lado. Terminamos a rodada líder, faz sete anos que o Flamengo não é líder. É preciso tempo para os jogadores assimilarem, mas acredito e tenho a convicção que estamos no caminho certo.

Torcida
Contamos muito com o apoio da torcida. Sempre que ele estiver ao nosso lado, somos mais forte.

Reação aos protestos
Conversamos e o tom é era de que a solução só nós que poderíamos dar. A conversa foi no sentido de que conseguindo desempenhar o futebol que esperamos, o torcedor vem para o nosso lado.