Barbieri responde sobre vaias da torcida durante partida contra o América-MG

Barbieri responde sobre vaias da torcida durante partida contra o América-MG

Neste sábado (21), o clima foi de festa para o Flamengo. O clube venceu o América-MG por 2 a 0, com mais de 40 mil pessoas no Maracanã, e ainda festejou a despedida do goleiro Julio Cesar em grande estilo. Contudo, a torcida presente no estádio chegou a vaiar o técnico Mauricio Barbieri durante o confronto.

O fato aconteceu quando Barbieri decidiu sacar Vinicius Júnior, um dos melhores em campo, para colocar Jonas em campo. Em entrevista coletiva após o jogo, o treinador disse compreender as vaias da torcida, por conta da expectativa que os torcedores têm para a equipe.

— Entendemos o direito da torcida de se manifestar. Claro que ela quer que a equipe vá para cima, busque o gol. É nossa ideia inicial, mas temos que ter a leitura do que está acontecendo. Tivemos um jogo complicado contra o Vitória, desgaste.

Em seguida, ele justificou a substitução: “O Vinícius não vinha fazendo 90 minutos corriqueiramente. Ele sentiu o desgaste, caiu de produção e precisávamos ter segurança, o controle do jogo. Por isso, a mudança”