| Futebol

Berrío é expulso, e Flamengo perde para a Universidad Católica

flameng - Berrío é expulso, e Flamengo perde para a Universidad Católica

O Flamengo lutou muito, mas acabou batido pela Universidad Católica por 1 a 0, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago. O resultado fez a equipe rubro-negra cair para a terceira colocação no Grupo 4 com três pontos, enquanto a Universidad assumiu a liderança com quatro.

O único gol do duelo foi marcado pelo veterano Santiago Silva, ex-Corinthians, no segundo tempo. O revés representou a primeira derrota sofrida pelo Flamengo em jogos oficiais em 2017.

O Rubro-Negro foi melhor durante a maior parte do jogo e chegou a acertar, por duas vezes, a trave do goleiro rival, mas não teve competência para transformar em gol as chances que apareceram. O time chileno fez uma boa marcação e teve a felicidade de marcar seu gol em desatenção da zaga rubro-negra.

Na próxima rodada, o Flamengo vai receber o Atlético-PR no Maracanã, buscando voltar a vencer na Libertadores. A Universidad Católica, por sua vez, vai encarar o San Lorenzo, novamente em casa.

Flamengo saiu derrotado de Santiago (Foto: Martín Bernetti/AFP)

O jogo – Escalado com três volantes, o Flamengo começou a partida com cautela. A Universidad também mostrava muito respeito ao adversário e preferia ficar segurando a bola, o que dava um ritmo lento ao jogo.

Aos 11 minutos, o Flamengo criou a primeira boa oportunidade de gol. Guerrero recebeu na área, girou e chutou para boa defesa de Toselli, que espalmou para escanteio. A equipe da casa respondeu no minuto seguinte com uma cabeçada de Noir, que não levou perigo ao gol defendido por Alex Muralha.

Aos 14, o Flamengo quase marcou. Diego bateu escanteio, o goleiro Toselli rebateu mal e a bola ficou com Réver que chutou por cima do travessão. Quatro minutos depois, a equipe chilena desperdiçou chance incrível. Rafael Vaz recuou mal, Santiago Silva ficou com a bola e chutou em cima de Alex Muralha.

Guerrero foi derrubado na entrada da área, aos 30 e bateu a falta com categoria, parando no arqueiro da Católica. O Flamengo criava as melhores oportunidades, como aconteceu também aos 32 minutos, em outro chute perigoso de Guerrero. Logo depois, o peruano acertou a trave chilena.

O Flamengo aumentou a pressão e, aos 36 minutos, foi a vez de Everton bater com muito perigo e assustar o Toselli. Ainda assim, o time de Zé Ricardo não conseguiu abrir o placar na primeira etapa.

O segundo tempo começou com o mesmo equilíbrio da etapa inicial. Aos 4, após cruzamento na área, Guerrero cabeceou, mas não levou perigo para o gol.

A equipe da casa adiantou a marcação para tentar prejudicar a saída de bola do Flamengo. Já o técnico Zé Ricardo decidiu colocar o atacante colombiano Berrío, em campo, tirando o volante Rômulo e tornando a equipe mais ofensiva.

Aos 16, o Flamengo criou mais uma chance para marcar. Diego tocou para Arão, que arrematou mal. Guerrero conseguiu recuperar a bola e chutou forte, para boa intervenção de Toselli.

O time brasileiro dominava completamente e teve nova chance para marcar , aos 18. Berrio foi lançado por Guerrero, correu muito e conseguiu o cruzamento para o peruano, que chutou em cima da defesa.

Aos 22, a Universidad chegou na área rubro-negra. Noir fez boa jogada e rolou para Fuenzalida, que bateu forte. A bola bateu em Rafael Vaz e sobrou para Kalinski, que assustou Muralha com um chute perigoso.

Aos 25 minutos, o Rubro-Negro chegou novamente. Diego bateu falta da entrada da área e a bola se chocou com o travessão, impedindo o tento dos brasileiros.

Mesmo pressionada, a Universidad Católica marcou o primeiro gol aos 30 minutos. Após cruzamento na área, o Santiago Silva subiu mais do que a zaga e colocou no canto esquerdo de Alex Muralha, abrindo o placar.

O técnico Zé Ricardo decidiu arriscar tudo, e colocou o atacante Leandro Damião no lugar do volante Willian Arão, com o objetivo de tornar a equipe mais ofensiva para tentar buscar o gol do empate.

Aos 38 minutos, o Flamengo ficou com dez jogadores. O atacante colombiano Berrío se desentendeu com Parot, passou a mão no rosto do jogador chileno e acabou recebendo cartão vermelho.

Mesmo com um jogador a menos, o Flamengo ainda tentou pressionar para buscar o gol do empate, mas a Universidad Católica soube se defender e garantir o resultado.

FICHA TÉCNICA UNIVERSIDAD CATÓLICA-CHI 1 X 0 FLAMENGO

Local: Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago (Chile) Data: 15 de março de 2017 (Quarta-feira) Horário: 21h45(de Brasília) Árbitro: Diego Haro (Peru) Assistentes: Coty Carrera (Peru) e Jorge Luis Yupanqui (Peru) Cartões Amarelos: Fuentes, Lanaro, Parot (Universidad Católica); Pará, Diego, Márcio Araújo (Flamengo) Cartão Vermelho: Berrío (Flamengo) Gol: UNIVERSIDAD CATÓLICA: Santiago Silva, aos 30 minutos do segundo tempo

UNIVERSIDAD CATÓLICA: Toselli, Juan Espinosa(Cristian Álvarez), Germán Lanaro, Kuscevic e Alfonso Parot; Kalinski, César Fuentes, Fuenzalida e Diego Buonanotte; Ricardo Noir(Lobos) e Santiago Silva Técnico: Mario Salas

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará, Rever, Rafael Vaz e Miguel Trauco; Rômulo(Berrio), Willian Arão(Leandro Damião), Márcio Araújo, Diego e Everton(Gabriel); Paolo Guerrero Técnico: Zé Ricardo

Fonte: http://www.gazetaesportiva.com/campeonato-copa-libertadores/berrio-e-expulso-e-flamengo-perde-para-a-universidad-catolica/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.