| Futebol

Briga entre atleticanos e flamenguistas fora do estádio termina com 87 prisões

Maioria dos envolvidos faz parte da Torcida Jovem do Flamengo e saiu do Rio de Janeiro; Cruzeirenses também participam do confronto

 

Briga entre torcidas de Atlético-MG e Flamengo após a goleada do Galo por 4 a 1, ocorrida no lado de fora do Mineirão, terminou com prisão de 87 torcedores. Maioria dos detidos são integrantes cariocas da Torcida Jovem, com participação também de membros da Pavilhão Independente, do Cruzeiro. De acordo com a PM, as duas torcidas estão proibidas de frequentar estádios de futebol e muitos dos cariocas deveriam informar autoridades que estariam em deslocamento.

O grupo ficou detido na delegacia do próprio Mineirão e foi encaminhado ao Ciam (Centro de Atendimento Integrado ao Menor), por conta da presença de menores de idade.

- Todas torcidas organizadas do Flamengo foram contatadas, de tal forma que, chegando aqui em Minas, seriam escoltadas pela Polícia Militar. Infelizmente, esse grupo de torcedores, apesar de ter sido comunicado via e-mail, vários contatos que fizemos no Rio, não nos comunicou. Chegando ao Mineirão, depararam-se com um grupo de atleticanos, a Polícia Militar estava próxima, teve de atuar, e a ação teve de ser muito rígida para conter uma eventual ação mais desastrosa entre eles - explicou o coronel Ricardo Machado.

A polícia esperou cerca de 1h30 após o término da partida para liberar os torcedores do Flamengo. Ainda assim, na saída, muitos atleticanos estavam nos arredores do Mineirão. E, mesmo com a escolta policial, em alguns momentos torcedores dos dois times se provocavam e lançaram rojões uns contra os outros, deixando o clima tenso.

Torcedores do Flamengo, misturados a alguns do Cruzeiro, são detidos (Foto: Cahê Mota/GloboEsporte.com)Torcedores do Flamengo, misturados a alguns do Cruzeiro, são detidos (Foto: Cahê Mota/GloboEsporte.com)






Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.