| Futebol

Brigas, bombas, spray de pimenta e correria marcam o pré-jogo da final da Copa do Brasil

Clima esquentou no entorno do Maracanã. Dentro do estádio, torcedores invadiram setor

flameng - Brigas, bombas, spray de pimenta e correria marcam o pré-jogo da final da Copa do Brasil

O clima esquentou dentro e fora do Maracanã antes da bola rolar na final da Copa do Brasil, entre Flamengo x Cruzeiro. Nos arredores do estádio, mais uma vez, o clima foi de guerra. Torcidas organizadas do Rubro-Negro entraram em confronto próximo ao Museu do Índio. Houve relatos de invasão e algumas pessoas foram vistas pulando até mesmo os muros do Templo do Futebol.

Houve uma grande confusão na Avenida Maracanã, com bombas, spray de pimenta e pancadaria. Também foram ouvidos disparos, teoricamente de balas de borracha. O tumulto chegou também à Avenida Eurico Rabelo. Várias brigas foram registradas, e um torcedor desmaiou. Duas mulheres foram flagradas trocando agressões.

Além do confronto entre as torcidas organizadas, as tentativas de invasão provocaram o caos nos arredores do Maracanã. Na semifinal da Copa do Brasil, contra o Botafogo, o mesmo problema foi registrado. Para evitar este problema, o Grupamento de Policiamento em Estádios (Gepe) fez um cordão de isolamento nas ruas no entorno do estádio nesta quinta-feira, mas ainda assim ocorreram grandes confusões.

Em mais um registro triste antes do jogo, muita gente não conseguiu entrar no estádio porque estava com ingressos falsos. Alguns cambistas foram detidos tentando ludibriar os rubro-negros. Os casos foram registrados no Juizado Especial Criminal (Jecrim). 

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/brigas-bombas-spray-pimenta-correria-marcam-pre-jogo-final-copa-brasil.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.