• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Bruno Henrique relembra lesão e infecção por covid-19, mas destaca: “O Flamengo nos deu todo o suporte”

Na última semana, o Flamengo protagonizou um surto de covid-19 no elenco, e cerca de 30 funcionários do clube foram infectados, entre jogadores, dirigentes e membros do departamento de futebol. Recuperado de lesão no joelho e, também, curado do novo coronavírus, Bruno Henrique relembrou períodos de dificuldade, mas fez questão de ressaltar todo o suporte do Mais Querido para garantir a recuperação dos atletas.

ASSISTA AOS GOLS DO FLAMENGO NA PARTIDA:

Enaltecer o nome de Deus, né? Enfrentei algumas barreiras depois da lesão no joelho, voltei e acabei pegando o vírus. A gente fica triste, é um momento difícil que a gente está vivendo no país, expostos a todo momento. Mas, a gente cumpriu o protocolo, juntamente com o Flamengo, que nos deu todo o suporte e, graças a Deus, hoje a gente pôde estar aqui para ajudar os companheiros -, disse o atacante.

Rei da América, Bruno Henrique espantou a zica e, após um bom jejum, voltou a balançar as redes. Em grande estilo, o camisa 27 brilhou, marcou duas vezes e fechou a goleada de 4×0 do Mengão sobre o Independiente Del Valle, garantindo a classificação antecipada para as oitavas de final da Copa Libertadores. 

Já classificado para o mata-mata, o Flamengo tem um último compromisso pela fase de grupos da Libertadores: o jogo contra o Junior de Barranquilla, válido pela sexta rodada. O confronto está previsto para o dia 21 de outubro, e será disputado no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília).

Publicado em colunadofla.com.