| Futebol

#BuzzFla - 7 gols de falta em Fla-Flu

Qual foi seu gol de falta mais marcante? Listamos sete cobranças memoráveis no clássico carioca

flameng - #BuzzFla - 7 gols de falta em Fla-Flu

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Fla-Flu é sempre especial, disso ninguém pode discordar. Gols marcantes daqui, lances extraordinários dali. Sempre haverá uma memória inesquecível em cada torcedor rubro-negro quando se trata deste clássico. Pensando no confronto válido pela semifinal da Taça Rio nesta quinta-feira (22), vamos relembrar aquelas cobranças sensacionais que definiram confrontos e nunca sairão da nossa memória.

 1) Zico em 1986
É falta na entrada da área. Adivinha quem vai bater? Quando o camisa 10 da Gávea colocava a bola na marca, a torcida já se abraçava em comemoração. Naquele Fla-Flu pelo Campeonato Carioca de 1986, a história se repetiu na vitória rubro-negra por 4 a 1 no Maracanã.

2) Júnior em 1992
A camisa 5 também ostenta uma grande história quando se trata de Flamengo. Neste jogo, o Mengão venceu o Fluminense por 2 a 1 em São Januário com esse golaço de falta. Na geração de 1992, o experiente Júnior comandou aquele elenco que mais tarde seria campeão brasileiro.

 3) Petkovic em 2000
Quando Petkovic batia na bola, às vezes a melhor opção era apenas olhar. Uma cobrança certeira e que já trouxe muitas alegrias ao torcedor rubro-negro. Na Taça Rio de 2000, ele parou, bateu e o resto é história daquele 3 a 2 no Maracanã.


4) Renato Abreu em 2010 
No primeiro Fla-Flu disputado no palco do duelo de hoje, as equipes protagonizaram um verdadeiro clássico. Como não poderia faltar, uma cobrança marcante e no ângulo de Renato Abreu fez parte do placar empatado em 3 a 3 no Nilton Santos.


5) Darío Botinelli em 2011
No auge do "Bonde do Mengão Sem Freio", o Nilton Santos recebeu mais um grande embate entre Flamengo e Fluminense. Pelo Campeonato Brasileiro, Darío Botinelli marcou dois gols - incluindo esse golaço absurdo de falta -, virou a partida e o Mais Querido bateu o tricolor por 3 a 2.

6) Guerrero em 2017
A final da Taça Guanabara de 2017 foi cheia de reviravoltas. Já no fim da partida, Paolo Guerrero mandou uma bomba de fora da área e empatou tudo no Nilton Santos em 3 a 3, levando o duelo para os pênaltis.

7) Diego em 2017
Começamos e terminamos com aqueles que defendem a camisa 10. Em um Maracanã ansioso, Diego abriu o placar no ano passado para o empate heroico e histórico por 3 a 3 na Conmebol Sul-Americana.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/26989/buzzfla-7-gols-de-falta-em-fla-flu

Comentar pelo Facebook