| Futebol

Caixa anuncia proposta de patrocínio de R$25mi ao Flamengo

Eduardo Bandeira de Mello participou de solenidade em Brasília esta terça-feira

Bandeira e Miriam Belchior (Rodrigo de Oliveira)

Bandeira e Miriam Belchior (Rodrigo de Oliveira)

Nesta terça-feira (19.01), a Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou ao Flamengo uma proposta de patrocínio no valor de R$25 milhões. O presidente Eduardo Bandeira de Mello esteve em Brasília para alinhar uma minuta de contrato com a CEF para a temporada de 2016 do futebol, já aprovada pelo banco federal e pelas áreas executivas do clube, que deve ser submetida em breve à apreciação dos conselheiros do Flamengo.

A solenidade, que aconteceu no Palácio do Planalto, também contou com a presença da Presidente da República, Dilma Rousseff, e a presidente da CEF, Miriam Belchior (foto).

Parte fundamental na luta pela aprovação do PROFUT, o Rubro-Negro manteve sua marca vinculada à da Caixa, entidade governamental alinhada à lei que tem a intenção de trazer maior profissionalização, modernização e otimização da gestão dos times nacionais.

"A Caixa é um banco popular e responsável, características em comum com o Flamengo. Em qualquer canto do Brasil que você vá, encontra-se uma agência da Caixa e uma maioria de torcedores rubro-negros, que prezam muito pelas boas causas que defendemos", disse Bandeira de Mello, que ainda afirmou que o clube tem em vista novos contratos. "Temos negociações adiantadas com várias empresas e estamos definindo negócios que sejam bons para as duas partes", declarou.

A iniciativa do PROFUT também permitiu a retomada de uma equipe feminina de futebol em vários clubes do país e o Flamengo é um deles. Nesta quarta-feira (20.01), o time rubro-negro estreia no Brasileirão da categoria, que também recebe apoio da Caixa, contra o Vitória-PE, na sede da Gávea.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/22846/caixa-anuncia-proposta-de-patrocinio-de-r25mi-ao-flamengo

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.