| Futebol

Campeão de tudo, Fla mira novo decacampeonato carioca histórico

Rubro-Negro tenta repetir feito alcançado entre 1951 e 1960 pelo time do técnico Kanela: "Não é todo dia que se consegue esse tipo de sequência", diz Marcelinho

Flamengo x Macaé - basquete final estadual (Foto: Amanda Kestelman)Flamengo venceu o Macaé no primeiro jogo da decisão (Foto: Amanda Kestelman)

Com uma equipe campeã de todos os títulos que disputou nos últimos anos, o Flamengo alcançou o topo nas quadras de basquete. No entanto, a chance de poder repetir um feito - 54 anos depois - pode ser um gás extra para os comandados do técnico José Neto no Campeonato Estadual deste ano. O atual time, campeão da Copa Intercontinental de Clubes, está perto do decacampeonato (10 títulos em sequência) do Carioca, vencendo todas as edições desde 2005. 

Na primeira partida da decisão, nesta segunda-feira, o Rubro-Negro venceu o Macaé por 93 a 81 , fora de casa, e precisa somente de uma vitória, nesta terça, às 20h (de Brasília), na Gávea, para assegurar o décimo título seguido.

Entre 1951 e 1960, o Flamengo do técnico bicampeão mundial Kanela era quase imbatível no tradicional Campeonato Carioca. Por mais que já tenha alcançados os principais feitos dentro de quadra, vencer pela décima vez seguida o torneio anima ainda mais a equipe, que garante motivação em qualquer disputa que participe. Neste ano, o torneio teve apenas três times, o Rubro-Negro, Macaé e Liga Super Basketball (LSB). 

Final carioca Basquete Flamengo e MAcaé (Foto: Andre Durão)Time do Flamengo comemora o 9º título carioca, conquistado em 2013 (Foto: Andre Durão)

Ex-jogador lembra sequência histórica

Ex-jogador do Flamengo e da seleção brasileira campeã mundial, Waldir Boccardo lembrou com emoção dos momentos daquela conquista histórica que fez parte no começo dos anos 60.

Waldyr Geraldo Boccardo, basquete Flamengo (Foto: Site do Flamengo)Waldir Boccardo fez parte do histórico Flamengo da década de 50 (Foto: Site do Flamengo)

- Estava no nono e no décimo título estadual. Foi uma festa danada. Ser campeão 10 vezes seguidas não é para qualquer um. Naquela época, era uma coisa. Quantos times tem o estadual agora? Dois? Três? Naquele tempo eram 15, um melhor que outro. Tijuca, Botafogo, Vasco.... - disse o veterano.

Aos 78 anos e morador do Rio de Janeiro, Waldir lembra com saudosismo do time rubro-negro vitorioso que fez parte. Para ele, o melhor elenco que já esteve presente:

- Nosso time era fantástico. Com certeza, o melhor time que eu já joguei. Joguei seis meses no Vasco, seis no Botafogo e 20 anos no Flamengo Sou paulista, então tenho um sangue corintiano. Mas sou flamenguista porque joguei 20 anos lá! Vinte anos!

Marcelinho enaltece conquista histórica; Neto vê time sempre motivado

Pela televisão, o ex-jogador Boccardo acompanha a evolução e os feitos recentes do time do Flamengo nas quadras. Ele apontou o experiente Marcelinho Machado como destaque da atual equipe. Perto de seu oitavo título carioca na Gávea, o ala-armador voltou a falar da importância de conquistas históricas pelo Rubro-Negro.

Marcelinho basquete Flamengo (Foto: André Durão / Globoesporte.com)Capitão Marcelinho recebe o troféu de campeão carioca de 2013 (Foto: André Durão)

- Sempre que você tem a oportunidade de conquistar títulos e escrever seu nome na história de um clube como o Flamengo, tem que aproveitar. Temos essa oportunidade. Não é todo dia que se consegue esse tipo de sequência. A gente está focado nisso. Sabemos que vai ser uma semana dura, com a estreia do NBB, mas estamos focados na final do Carioca - disse o jogador.

O técnico da equipe rubro-negra, José Neto, enxerga seu time com a mesma motivação de costume, com vontade de seguir vencendo tudo que disputa. A proximidade de um decacampeonato só aumenta isso. 

- Toda conquista é emocionante, com o Flamengo, maior ainda. Com fator histórico, maior ainda. Esse time é consciente da maneira que vem trabalhando e da forma que vem se dedicando dia a dia - completou o treinador, que garante o time cada vez mais empenhado após as conquistas recentes:

- A motivação está em entrar em quadra, e esse time faz isso muito bem. Toda vez que entra em quadra, o time tem compromisso com a vitória. É essa a motivação deles e a consequência disso são os títulos que conquistamos nos últimos anos - concluiu

Caso o Macaé surpreenda o Flamengo, na Gávea, será necessário um terceiro jogo, que acontecerá na quarta-feira, no mesmo horário, novamente na casa do Rubro-Negro.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.