| Futebol

Carlos Alberto critica agressão a André Santos: "Espero que isso acabe"

Meia alvinegro repudia ato de rubro-negros e deve ficar à disposição justamente no clássico contra o Flamengo, domingo, pelo Brasileiro

Carlos Alberto tinha tudo para falar apenas do jogo contra o Flamengo e da sua volta ao time do Botafogo para o próximo domingo durante a apresentação do quarto uniforme do Glorioso, nesta segunda-feira. Mas outro assunto, fora das quatro linhas, incomodou o meia alvinegro. Ele não gostou nada do que ocorreu com André Santos, seu companheiro de profissão, adversário do próximo domingo, às 18h30, no Maracanã. A agressão sofrida pelo lateral-esquerdo rubro-negro por torcedores foi tratada com repúdio pelo meia.

-Para ser bem chulo, acho escroto demais essa parada. Não acho maneiro. Daqui a pouco acham que isso é moda e que vai resolver. Jogando bem ou mal, é o trabalho dele. Imagina qualquer trabalhador que não faz um dia normal em seu emprego e eu vou me achar no direito de agredir alguém? Quem tem poder de fazer algo contra isso, que faça. Por isso que depois falam que o Brasil está atrás de outros países. E é verdade. Não são nem pessoas, são vândalos. Eles têm de ser excluídos de jogos e eventos como esses. Além do atleta, tem uma família. Ninguém gosta de ver uma situação dessa. Fico muito triste com isso. Espero que isso acabe. Não é moda para achar que o jogador é otário e que vai fazer e ficar por isso.

Carlos Alberto apresentação nova camisa do Botafogo (Foto: Satiro Sodré / SSPress)Carlos Alberto durante apresentação da nova camisa do Botafogo (Foto: Satiro Sodré / SSPress)

Após se posicionar contra as agressões sofridas pelo lateral do Fla, Carlos Alberto falou de campo e bola. E a tendência é que retorne contra o rival no próximo domingo. Fora do jogo contra o Coritiba, no sábado, por conta de uma fadiga muscular, ele crê que poderá atuar no fim de semana.  

- Queria esclarecer que eu fui apenas poupado. Claro que depois de alguns exercícios vou ter uma fadiga maior que os outros, e vou ter sempre o cuidado de quem está no comando. Vou tomar precauções e acredito que domingo vou ficar à disposição sem problema. 

Logo em sua estreia pelo Botafogo, na derrota por 2 a 1 para o Grêmio, Carlos Alberto teve uma lesão na coxa esquerda e ficou boa parte do período da Copa do Mundo em recuperação. Apesar de liberado pelo departamento médico, o camisa 19 ainda não está no melhor de sua forma, e, por isso, acabou poupado contra o Coxa. Com 12 pontos, o Botafogo é o 13º colocado do Campeonato Brasileiro.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.