Nestas primeiras semanas, chamou atenção a força do sistema defensivo - apenas um gol sofrido em sete partidas - bem como o desenvolvimento dos garotos Lucas Paquetá e, é claro, Vinícius Júnior:

– ​Jogam 11. O Vinicius Júnior é um jogador com característica diferente do Lucas Paquetá. Ele tem velocidade e incendeia o jogo. Os meninos estão entrando muito bem. Não quero discutir quem é titular ou não. Tenho vários titulares, mas só posso escalar 11. Esse pessoal entra e faz a diferença – explicou Carpegiani, pedindo paciência com a promessa. 

O que mais desejamos aqui no Flamengo é conquistar títulos. Temos tudo para que isso aconteça na temporada. O nosso objetivo é esse e as coisas têm funcionado. Nosso time está com a marcação forte mesmo com apenas um volante e acredito que evoluiremos ainda mais – afirmou o capitão Réver.

>>> Veja também: Douglas Costa diz que Grêmio "não jogou para ganhar" em decisão com o Flamengo em 2009