O nome do duelo foi Vinicius Júnior, que marcou os dois gols da equipe no Equador. Não à toa, a joia rubro-negra foi o principal tema na entrevista coletiva concedida pelo técnico Paulo César Carpegiani depois do confronto:

"Ele está brigando, demonstrando em campo. O considero um titular, como um 12º, um 13º jogador. Pensei em começar o jogo com ele. O Vinicius está dentro desse contexto. Reconheço sua importância dentro do grupo", analisou o treinador.

Apesar de ainda possuir um status de reserva no elenco, o atacante de 17 anos é o artilheiro do Fla em 2018, com 6 tentos marcados.

​​