Carpegiani observa espaço para evolução, mas enaltece: "equipe de alto nível"

Carpegiani observa espaço para evolução, mas enaltece: "equipe de alto nível"

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

O tipo de vitória que traz confiança. Diante do Madureira, o Mais Querido aplicou uma goleada por 4 a 0, em uma apresentação de gala no estádio Nilton Santos. Um importante resultado na estreia pelo segundo turno do Estadual, principalmente tendo em vista os dois importantes confrontos que virão na sequência.

Além do confronto contra o Fluminense, a partida desta quarta-feira (21) também foi vista como uma oportunidade de preparar a equipe para um novo e importante objetivo na temporada: a Conmebol Libertadores Bridgestone. Daqui a uma semana, no mesmo palco, será a vez de encarar o River Plate.

Sem Cuéllar, Jonas aparece como o mais cotado para ocupar a vaga à frente da zaga. Carpegiani comentou acerca dessa disputa sadia e sobre a decisão que precisará tomar. "Com relacao ao meio, a confiança é inteira e o desempenho tem sido satisfatório. O Cuéllar foi bem nos sete, oito jogos que atuou. Ele vinha fazendo uma função um pouco diferente no ano passado. O Jonas entrou bem. Não preciso fazer nenhuma comparação porque são jogadores com a mesma característica, e quem tiver que jogar mais, irá. Minha preocupação é com a parte tática. Precisamos ter um aperto maior. Hoje até afrouxamos um pouco a marcação em relação ao adversário devido à pouca exigência, pois fizemos o gol cedo. No geral, eu gostei. Acho que para a próxima quarta-feira, a tendência é mostrar uma equipe mais competitiva", analisou.

Eficiência será o fator primordial para a conquista dos bons resultados nos próximos compromissos. Apesar do desempenho em alto nível, que encheu os olhos dos torcedores rubro-negros presentes, os resultados seguem na primeira prateleira de prioridades do comandante.

"Não tenho essa preocupação com futebol vistoso. Quando você tem uma equipe organizada, com a técnica aguçada, é natural que isso saia. É uma equipe de alto nivel, mas algumas coisas ainda precisam evoluir. Temos que encontrar o progresso, e apenas a sequência de jogos nos dará isso. Jogar na Libertadores na próxima quarta-feira será nossa grande prova", afirmou Carpegiani.

Após o clássico desse sábado (24) diante do Flumiense, será a vez de encarar a equipe argentina. O treinador comentou o aspecto decisivo que cada duelo válido pela competição mais importante do continente carrega, ressaltando a necessidade da alta performance nesse tipo de confronto. 

"É importante vencermos sempre. Ganhar e convencer. A exigência em uma Libertadores será maior, assim como nossa responsabilidade. Possuímos uma equipe técnica, criativa. Podemos ter um pouco mais de dificuldade, mas garanto que o adversário também terá. Gostei do fato de que fomos bastante agressivos desde o princípio, criando várias oportunidades. No geral, ainda nos faltam algumas coisas", enfatizou.