• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Caso Gerson: STJD intima meia do Flamengo e Ramírez a depor em audiência presencial

Buscando apurar novos fatos para a resolução do caso Gerson, o inquérito aberto pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva terá novos capítulos no mês de fevereiro. Mauricio Neves Fonseca, auditor nomeado para conduzir o caso, intimou Gerson, do Flamengo, e Ramírez, do Bahia, a depor em audiência presencial na sede do STJD, no próximo dia 3.

Além deles, Natan e Bruno Henrique, do lado do Mais Querido, também estarão presentes para relatos como testemunhas. Gerson e os companheiros de Flamengo irão depor às 10h30. Ramíres e suas eventuais testemunhas estão intimados a comparecer na parte da tarde, às 14h30.

De acordo com o Flamengo, o zagueiro Natan presenciou o ato racista contra Gerson e ouviu as injúrias de Ramírez. Bruno Henrique, por sua vez, também foi citado pelo clube, por participar de discussão com o jogador do Bahia e, por isso, também irá depor como testemunha.

A pedido da procuradoria, todas as provas em áudios e vídeos devem ser enviadas até a próxima sexta-feira (22). Além disso, o auditor à frente do inquérito tem o direito de sugerir o depoimento de outros personagens, com prazo de até 30 dias para a conclusão.

Vele destacar que, caso seja enquadrado no Art. 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por praticar ato discriminatório racial, o atleta colombiano receberia suspensão de cinco a dez partidas.

 

 

Publicado em colunadofla.com.