• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Ceni pede espaço para Gabigol na Seleção e evidencia força do ataque do Flamengo

Responsável por dois dos cinco gols do Flamengo na goleada sobre o Madureira, na segunda-feira (05), Gabigol alcançou mais uma marca histórica dentro do clube e de sua breve trajetória profissional de apenas oito anos. O camisa 9 se tornou o maior artilheiro do Rubro-Negro no século XXI, empatado em números com Renato Abreu, 73 cada. O feito foi bastante celebrado pelos companheiros e, principalmente, pelo técnico Rogério Ceni.

Além de ressaltar o feito e a indiscutível qualidade de Gabriel Barbosa, cobrando, inclusive, uma vaga para o atacante na Seleção Brasileira, Rogério Ceni fez questão de destacar a força do Flamengo neste setor de campo, com todas peças de reposição que tem à disposição.

Ele alcança uma marca importante (artilheiro do Flamengo no século XXI). Ele tem um número expressivo de gols, pode sonhar com seleção brasileira. Não é um 9 de referência, mas sai bastante. Tem que sonhar, ainda mais com a idade e potencial que tem. Assim como o Pedro foi no ano passado. O Muniz também vem crescendo – disse após a larga vitória sobre o Madureira.

Mesmo diante de um adversário relativamente mais fraco, o que vimos foi um Flamengo tão imponente que relembrou os bons momentos de 2019. Durante toda partida, o clube manteve 73% da posse de bola apenas dentro do campo de ataque. Além de Gabriel Barbosa, Gerson, Arrascaeta e Diego Ribas também balançaram as redes contra o Madureira, no Estádio Raulino de Oliveira.

O próximo compromisso do Mais Querido é, também, o primeiro grande desafio deste elenco na temporada 2021. No próximo dia 11 de abril, Flamengo e Palmeiras protagonizam uma das finais mais esperadas do futebol recente e decidem com quem ficará o título da Supercopa do Brasil. Cabe destacar que os cariocas são os atuais campeões do torneio.

Publicado em colunadofla.com.