| Futebol

César lembra de estreia contra o Cruzeiro

Primeiro jogo do atleta no profissional foi contra clube mineiro: 'dia inesquecível'

Goleiro lembra de partida em 2013

Goleiro lembra de partida em 2013

O Campeonato Brasileiro reserva resultados inesperados, vitórias improváveis, clássicos e muita rivalidade. Para o goleiro César, a última rodada da edição de 2013 reservou especialmente o sentimento de emoção. Naquele dia 07 de dezembro, o atleta debutou pela equipe profissional do Flamengo, justamente contra o adversário desta quarta-feira (03.06). O Cruzeiro já havia conquistado o título com quatro rodadas de antecedência, e o Rubro-Negro acabara de levantar o tricampeonato da Copa do Brasil. Houve foto posada dos times, exibição de troféus e uma grande partida do jovem jogador, que chamou a atenção do público no Estádio do Maracanã. A partida terminou empatada em 1 a 1.

"Dia inesquecível para mim. Estava com aquela ansiedade, desde a concentração até começar o jogo. Lembro muito bem de todos os momentos. Quando começou o jogo, a cada defesa que eu fazia, cada lance que passava, a torcida gritava meu nome. É uma história que vai ficar guardada para o resto da minha vida.", lembra César.

"Paulo Victor é um grande amigo"
Um ano e meio depois, o Flamengo volta a enfrentar o Cruzeiro, desta vez no Estádio do Mineirão. Ciente das dificuldades que o time encontrará, o goleiro ressalta que é preciso manter o pensamento positivo, até porque uma vitória será importante para iniciar a recuperação na tabela.

"A gente precisa se reerguer no campeonato, as vitórias ainda não vieram. Precisamos estar concentrados, ligados. Vamos lá para buscar os três pontos, claro, sempre respeitando a equipe do Cruzeiro, que também passa por um momento difícil, mas queremos vencer. Tenho certeza de que faremos um grande jogo. Essa primeira vitória seria muito importante", avaliou.

Sobre Paulo Victor, César não esconde a admiração pelo camisa 48. Com humildade, reconhece a importância do amigo em seu processo de crescimento e amadurecimento. Por ser o segundo goleiro, a chance de jogar pode aparecer novamente a qualquer momento e, para isso, precisa estar preparado. Quando ocorrer, sabe que contará com uma torcida especial.

"Paulo Victor é um grande amigo e um dos melhores goleiros do Brasil, não há dúvida. Poder trabalhar com ele é muito bom, de verdade. Cada momento, cada treinamento a gente cresce junto, um torcendo pelo outro. Quero muito que ele tenha sucesso, isso é natural, não preciso falar muito. O nosso dia a dia mostra como é nosso relacionamento dentro de campo. Um torce pelo outro.", destacou.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/21319/cesar-lembra-de-estreia-contra-o-cruzeiro-

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.