| Futebol

Chegada de Damião e evolução de Vizeu: desafios de Guerrero no Fla

Ainda titular absoluto, peruano ganha pressão extra para se manter intocável no ataque rubro-negro e finalmente corresponder às expectativas

flameng - Chegada de Damião e evolução de Vizeu: desafios de Guerrero no Fla

Era apenas um treino tático para aqueles que não foram titulares contra o Atlético-MG. Para Guerrero, entretanto, parecia final de campeonato. Na tarde da última terça-feira o atacante se destacou marcando os dois gols de sua equipe e encheu os olhos de Zé Ricardo. O peruano já costuma chamar a atenção pelo empenho e dedicação nos treinos, mas a partir de agora a exigência será maior. Pela primeira vez a concorrência parece concreta no Flamengo.

Desde que chegou, Paolo Guerrero foi absoluto no Flamengo. Mesmo que instável e irregular dentro de campo, é titular indiscutível. Mas a tranquilidade está com os dias contados. Ao mesmo tempo em que o clube vai anunciar a contratação de Leandro Damião nesta semana, cresce a expectativa pela evolução do prata da casa Felipe Vizeu. Substituto do peruano no jogo contra o Atlético-MG, no último domingo, ele marcou os gols da vitória por 2 a 0.

Com 44 jogos e 14 gols marcados, Guerrero ainda não conseguiu manter um nível de atuações que fizesse a torcida tranquila quanto ao seu centroavante. As constantes idas à seleção do Peru somadas à baixa média de gols (0,31) e os muitos cartões amarelos (16) fizeram o camisa 9 ainda não cair nas graças dos rubro-negros. Mas a partir de agora, a expectativa é de que haja uma concorrência maior, capaz de elevar o nível de todos os concorrentes ao posto.

Após cumprir suspensão na última rodada, Guerrero tem volta garantida ao Flamengo no clássico contra o Botafogo, neste sábado. Mas precisará de uma boa atuação para repetir Felipe Vizeu. O atacante de 19 anos marcou no último domingo seu quarto gol em nove jogos no Campeonato Brasileiro, passando a ser o artilheiro da equipe na competição. O peruano anotou apenas um gol em cinco partidas disputadas.

Felipe Vizeu ainda é considerado um jogador que carece de maturidade e experiência. Tanto que em algumas partidas chegou a desperdiçar boas chances de marcar como consequência desses fatores. O atacante, entretanto, é visto com otimismo no Flamengo, pelo qual marcou sete gols em 19 partidas, neste seu primeiro ano como profissional. A média é praticamente igual à de Guerero: 0,36.

Responsável por lançar Felipe Vizeu na equipe profissional, Muricy Ramalho mostrou-se preocupado com o desenvolvimento do jovem após a chegada de Leandro Damião.

- Conheço as pessoas que estão lá, mas eles podem "matar" um jogador que é o Vizeu, porque tem o Guerrero e o moleque, que está fazendo gol há algum tempo. A não ser que que eles tenham alguma coisa à frente para vender o Guerrero. Se não acontecer isso, tenho minha opinião - e posso falar com eles - que realmente não foi legal porque vai tirar a oportunidade de um atacante que pode ser um grande jogador. Pode ser que eles tenham algum pensamento com o Guerrero, a gente não sabe de tudo, mas, se não acontecer, vai ser prejudicado o menino - disse Muricy no programa “Bem, Amigos!”, do SporTV, na última segunda-feira.

Por viver um momento de baixa, Leandro Damião chega ao Flamengo como uma incógnita, principalmente pela falta de sequência de partidas. No entanto, tem um histórico que o credencia a brigar, por que não, de igual para igual com Guerrero por uma vaga de titular. Quando estiver pronto para atuar, Damião poderá inicialmente aproveitar as brechas dadas quando o camisa 9 disputar partidas pela seleção do Peru.

Mas se externamente existe desconfiança em relação a Leandro Damião, dentro do Flamengo há a certeza de que a contratação do atacante vai fazer do grupo comandado por Zé Ricardo ainda mais forte. Principalmente o ataque.

- Se eu fosse adversário, não gostaria de marcar nenhum dos três - brincou o zagueiro Rafael Vaz.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/07/chegada-de-damiao-e-evolucao-de-vizeu-desafios-de-guerrero-no-fla.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.