| Futebol

Cheirinho de aposentadoria

flameng - Cheirinho de aposentadoria

No próximo domingo o Flamengo entra em campo para a sua última partida do ano, e essa pode ser também a última partida de Emerson Sheik no futebol profissional.

Como o camisa 11 do Flamengo tem status de ídolo para alguns, e nos ajudou bastante em várias oportunidades, uma boa maneira de homenageá-lo pelos serviços prestados seria colocar o atacante em campo no decorrer da partida contra o Atlético-PR.

Não é fácil aceitar a aposentadoria, e largar os holofotes da badalada vida de um jogador de futebol profissional, mas Emerson (ou seria Márcio?) precisa fazer isso, para não envergonhar a memória que ficará da sua carreira com o futebol que vem jogando.

Com a sua aposentadoria, sobrará tempo para brincar com o sua macaca de estimação, ou mesmo promover mais de suas festas em seu iate recheado de amiguinhas, e regado a ‘bons drinks’. Emerson Sheik será um aposentado ostentação!

Hexacampeão brasileiro em 2009 pelo Flamengo, o cara era desconhecido do grande público quando resolveu abrir mão de um contrato milionário na Ásia para realizar um sonho: Jogar no seu time de coração. Emerson incorpora o verdadeiro espírito do rubro-negro fanfarrão.

Suas bravatas se tornaram clássicas, o linguarudo atacante é provavelmente um dos últimos românticos do futebol nacional, aquele que ainda fala o que pensa, e não tenta bancar o politicamente correto. Émerson Sheik é autêntico, mas inconsequente.

Infelizmente o tempo chega pra todo mundo. No alto dos seus 38 anos, Sheik não consegue mais jogar em alto nível, tem um alto salário, e não pode ter o seu contrato renovado pelo Flamengo para a próxima temporada, hoje em dia mais atrapalha do que ajuda.

Está claramente fora de forma física, e sua capacidade técnica está muito longe do aceitável. Está mais para um ex-jogador em atividade, e agoniza em campo, o melhor que Emerson Sheik pode fazer no momento é pendurar as suas chuteiras.

Não acredito que algum clube da série A ainda queria contar com Emerson Sheik no seu time titular, Sheik já está mais pra lá do que pra cá, desagregador, é uma bomba relógio que pode acabar com o ambiente de qualquer clube.

O Showbol pode ser uma saída para não ficar entediado nessa nova vida de aposentado, por mais que eu acredite que os hábitos noturnos do ex-atleta não deixarão que o tédio tome conta do dia-a-dia de Sheik, pois nesse quesito ele ainda bate um bolão.

Enfim, valeu Sheik! Mas já deu! Não tem necessidade de forçar a barra, dinheiro tem de sobra, assim como os títulos no currículo, se aposente com respeito.

Que os deuses do futebol estejam com o Flamengo!

Vinny Dunga

Siga-me no Twitter:  twitter.com/DungaVinny (@DungaVinny)

Curta no Facebook: facebook.com/ColunaDoVinny

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2016/12/cheirinho-de-aposentadoria/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.