Dona dos direitos federativos, a Internazionale de Milão espera emprestar novamente o atleta na janela de janeiro. E como a experiência em outro clube europeu não deu certo, o Brasil parece mesmo ser o destino mais provável. Os italianos aceitam pagar cerca de R$ 4,7 milhões (pouco mais da metade dos salários), cabendo ao time brasileiro bancar o resto.

​Entre os interessados, o São Paulo é quem parece priorizar mais a chegada do jovem. Dorival Júnior trabalhou com Gabigol no Santos e é um admirador do futebol do atacante

​​