| Futebol

Clássico contra o Flamengo desafia a defesa do Vasco no Brasileiro

Jogo opõe uma das zagas mais vazadas a um dos maiores índices de gols da Série A

flameng - Clássico contra o Flamengo desafia a defesa do Vasco no Brasileiro

A frieza dos números diz com todas as letras que a possibilidade de o Vasco sofrer um gol do Flamengo no clássico de amanhã é enorme. O time de São Januário é o mais vazado do Campeonato Brasileiro, ao lado da Chapecoense, possui a segunda pior média de gols sofridos na temporada entre os times da Série A e terá pela frente um dos ataques mais efetivos do ano — o Flamengo possui média de 1,95 gol marcado por partida.

Para superar o rival no Clássico dos Milhões, a equipe do técnico Milton Mendes talvez tenha de romper suas próprias barreiras, como a conhecida dificuldade para reverter resultados adversos.

Se o Flamengo tem grandes chances de fazer ao menos um gol no Vasco, é preciso que o time de São Januário esteja preparado para correr atrás do prejuízo caso sofra o primeiro gol. Nas cinco vezes em que viu o adversário abrir o placar no Brasileirão, a equipe não conseguiu evitar a derrota.

Também há pontos positivos a que o Vasco pode se apegar de olho no clássico, ainda que não sejam relacionados ao momento dos times na temporada. Dos últimos dez jogos entre as equipes, o cruzmaltino venceu cinco e perdeu apenas um. Já a última derrota do Flamengo no Rio foi justamente para o Vasco, no ano passado, em São Januário.

O cenário favorável para o Vasco sofrer gols amanhã conta com os desfalques que o time terá no setor de marcação. Um zagueiro e dois volantes titulares não estarão em campo. Breno, lesionado, será substituído por Rafael Marques, enquanto Jean e Douglas, suspensos com três cartões amarelos, serão substituídos por Wellington e Bruno Paulista.

— Já treinamos juntos antes. Quando um sai, o outro fica na marcação — disse Wellington, confiante no entrosamento.

No lado do Flamengo, Diego e Guerrero, principais armas ofensivas, estarão descansados, depois de terem sido poupadas contra o Palestino, e se juntarão a Éverton Ribeiro.

Na primeira vez em que os três atuaram juntos, o resultado foi positivo: o Flamengo derrotou o São Paulo por 2 a 0, na Ilha, e o segundo gol foi resultado de um passe de Éverton Ribeiro bem aproveitado por Diego. O entrosamento entre os dois parece fluir sem problemas.

ÉVERTON RIBEIRO EM ALTA

E não é só. O primeiro gol e o primeiro jogo em que atuou por 90 minutos, contra o Palestino, pela Copa Sul-Americana, animaram Éverton Ribeiro e o Flamengo. O clube segue o protocolo do Centro de Excelência em Performance (CEP) com seu principal reforço da temporada e avalia que a adaptação ao futebol brasileiro vai bem, obrigado. Assim, o camisa 7 deve ser titular contra o Vasco. Sua participação durante toda a partida, por sua vez, dependerá da avaliação feita hoje no Ninho do Urubu.

Éverton Ribeiro estreou contra o Bahia e atuou por 77 minutos. Depois, 65 minutos contra o São Paulo. Sem poder atuar na Copa do Brasil, já que a inscrição foi encerrada em abril, o jogador deve ser peça presente nos próximos cinco jogos do Brasileiro, a começar pelo clássico de amanhã.

Fonte: https://oglobo.globo.com/esportes/classico-contra-flamengo-desafia-defesa-do-vasco-no-brasileiro-21563321

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.