Clássico contra o Flamengo é visto como jogo de risco no Vasco

Clássico contra o Flamengo é visto como jogo de risco no Vasco

O Vasco segue se preparando para o clássico contra o Flamengo neste sábado, às 19h (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. A partida vem sendo tratada como de alto risco pelo Cruz-Maltino, que atravessa um momento turbulento apoós a eliminação na fase de grupos da Copa Libertadores e da derrota de 3 a 0 para o Bahia no confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Os maus resultados em campo, incluindo a derrota de 3 a 2 para o Vitória, em casa, no fim de semana, aumentaram ainda mais a necessidade de um triunfo no clássico. Uma derrota seria ainda pior, pois permitiria o adversário, que te dez pontos, três a mais que o time da Colina, disparar.

O zagueiro Breno quer o Vasco tentando a vitória no clássico apesar da má fase (Foto: Paulo Fernandes/CRVG)

Além do péssimo momento em campo, o cenário político é delicado, com a oposição querendo a saída do presidente Alexandre Campello e vários grupos buscando tomar o poder. Isso também gera um ambiente de disputas nos torcedores e a ameaça de brigas na arquibancada. Porém, os jogadores preferem se ater ao que precisam fazer em campo. Nem mesmo o mau retrospecto recente contra o Flamengo pesa.

“Não paramos para olhar os retrospectos. Pensamos sempre na conquista do resultado positivo e é com esse pensamento que vamos a campo para tentar ganhar o jogo de sábado”, disse o zagueiro Breno.

O elenco treinou na manhã desta quinta-feira, mas boa parte das atividades foi fechada e por isso o time para o clássico continua sendo uma incógnita. O meia Thiago Galhardo, livre de lesão na coxa direita, voltou a treinar com o grupo e fica à disposição. Ele disputa, em princípio, um lugar no time com Wagner, já que Wellington e o argentino Leandro Desábato devem ficar na proteção aos zagueiros.

Nesta sexta-feira o elenco vai treinar na parte da manhã, quando o técnico Zé Ricardo deverá definir a escalação. No sábado a preparação será fechada e começa o período de concentração para o confronto.