| Futebol

Coluna do Torcedor: “A hora e a vez de Marcelo Cirino?”

flameng - Coluna do Torcedor: “A hora e a vez de Marcelo Cirino?”

Estou ciente que escrever esta coluna certamente vai diminuir a minha popularidade, mas entendo que a situação deste jogador em especial faz necessária uma reflexão acerca do mito Cirino.

Primeiramente quero esclarecer que não sou membro daquela parte da torcida que acham Marcelo o pior jogador de todos os tempos, também não sou daqueles que pensaram que ele seria o novo Pelé, provavelmente esse pessoal nem exista. Marcelo (Não sei porque não colocar só o nome agora que o outro Marcelo se foi) surgiu no Atlético Paranaense como uma grande promessa. É um jogador rápido, que finaliza forte com as duas pernas, corre muito, muito mesmo e que se notabilizou por fazer um lado direito muito forte.

Para quem não lembra, ele jogava naquele grande time do CAP de 2013, vice para o Flamengo na Copa do Brasil. Era ele por um lado e Everton por outro com Ederson (não o nosso) como centro avante. O time foi sensação no campeonato brasileiro daquele ano, inclusive causando a estranha demissão por parte de Mano Menezes (sorte a nossa) por uma goleada de 4×2 no Maracanã, depois de abrir 2×0. Marcelo fez gol e deu uma assistência naquele jogo, que também teve assistência de Everton. Marcelo nunca foi goleador, mas sempre causou problemas ao lado esquerdo da defesa adversária.

Os números de Marcelo no Flamengo são fenomenais no campeonato carioca, já noutros campeonatos ele fraqueja demais e irrita a torcida. Mas não deixa de ser um jogador útil. Vamos combinar uma coisa? Everton também é horrível e desde aquela boa fase do Paulinho em 2013, nós não tivemos mais felicidade ali. Os pontas do Flamengo são horríveis. Ok. Gostaria muito de ver Thiago Santos e Nixon por ali, mas por algum motivo eles ainda não despontaram. O problema são as contratações.

Tirando Sheik e Fernandinho, que eu ouso macular os olhos de vocês em escrever o nome de tal jogador, (que não se pagará com esse gol, assim como Carlos Eduardo não se pagou com o do Cruzeiro) todos os pontas vieram comprados. Nenhum vale o investimento. Sheik já passou do tempo. É o melhor finalizador dos jogadores de lado, mas alguma coisa aconteceu com a mente deste rapaz que não consegue mais fazer o simples. Esse que veio do Grêmio, inominável, também é incomentável, me recuso. Everton está com números melhores, mas perdeu gols que não se pode perder, como o do Grêmio e, com a ajuda do Réver, quase complicou aquele jogo. Gabriel é o típico jogador inventado para vender. Entrando bem neste time mais ajeitado do Flamengo, virá uma proposta, porque é novo, rezemos.

Para mim o Flamengo deveria jogar com Guerrero e Ederson no 4-4-2, mas como não está disponível vamos com o time que dá. O meu Flamengo dos sonhos tem um ataque que faz gol. Vamos ver se com a chegada do Diego isso muda.

O problema maior do Marcelo não é que ele só corre, não é que ele não faz gol, não sabe tocar. O problema dele é que ele vai custar um caminhão de dinheiro ao final de 2017 ao Flamengo. Vou lhes dizer que à época da sua contratação, não o queria. Já tínhamos muitos pontas e bons pontas e o Marcelo ia desvalorizar as crias da base. Desvalorizou. Mas há de convir que foi a maior contratação de 2015 depois de Guerrero e muita gente aqui comemorou. O problema está feito!

Por que que é a hora do Cirino no Flamengo?

Porque você precisa manter esse cara no elenco que está numa crescente no Campeonato Brasileiro e, com o Flamengo brigando por título/G4, o jogador vai estar em evidência e assim podermos nos livrar do custo do jogador. São 19 milhões que poderiam ser investidos num outro jogador. Quem sabe uma boa campanha na Sul-Americana não faça essa mágica para nós. Ele nem precisa jogar sempre os 90 minutos, mas como quem vai entrar no lugar dele é Gabriel e o inominável, dá pra aturar e quem sabe ainda valorizar esse cara. Dá pra fazer uma dobradinha e vender o Gabriel junto, quem sabe.

Certo é que dos jogadores do Flamengo, ele é de longe o que mais precisamos vender. Que vá para a Ásia, Europa, EUA, que estoure por lá. Talvez a pressão de jogar num time grande o assuste de forma que não consiga desenvolver futebol, mas que vá antes de dar prejuízo ao clube!

Anderson Alves, O otimista.


Faça como o Anderson, envie também a sua coluna e veja seu texto publicado aqui neste espaço. Envie para torcedor@colunadoflamengo.com, que o avaliaremos e, se aprovado, será publicado na seção “Coluna do Torcedor”.

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2016/09/coluna-do-torcedor-hora-e-vez-de-marcelo-cirino/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.