| Futebol

Coluna do Torcedor: “Como você imagina 2017?”

flameng - Coluna do Torcedor: “Como você imagina 2017?”

2017, para muitos, é o ano da virada. É bem provável que o Flamengo esteja na Libertadores da América. O Carioca, dificilmente não será disputado por um time B ou juvenil. A Primeira Liga aparece como alternativa de campeonato curto no primeiro semestre. O Elenco é bom, apesar de ter algumas fraquezas e poder melhorar. Claro, como é imaginação, diria e espero que o Cheirinho de Hepta se concretize e que levemos a Sul-americana, que é o vestibular para a Libertadores.

Outra coisa é o Maracanã. Ele deve ser oficializado como nosso, ao mesmo tempo que Deodoro também seja. Como já dizia o Tabet: “Sabe o que é melhor que um estádio? Dois estádios”. Imagino que esta situação já esteja bem encaminhada, afinal se o Flamengo não jogar no Maracanã, quem vai jogar?

A excursão para a Florida Cup será um sucesso tão retumbante que, aliado ao Marketing agressivo que o Mais Querido fará, voltaremos dos EUA com uma multinacional patrocinando o Mengão por um valor nunca antes visto aqui nas Terras de Santa Cruz.

O Elenco é onde se tem mais espaço para sonhar. O Time titular do Mengão está encaixado, mas ninguém dirá que é digno de Flamengo. Sempre de olho no mercado, existem oportunidades aparecendo em todo o mundo. Se a questão é imaginar (e aqui eu vou fugir um pouco do que eu pensei como proposta para a coluna e fazer uma breve análise do elenco), então na defesa imagino que no ano que vem o Flamengo vai ter um lateral para disputar com Jorge na esquerda. Devido à aposentadoria de Juan e com o fim do empréstimo de Réver, vamos ter uma zaga formada por Donatti e Vaz com Réver como opção no primeiro semestre e Léo Duarte tendo muitas chances. Será necessário contratar um no segundo semestre.

O meio campo será formado com Cuellar, Arão e Diego, visto que Márcio Araújo não renovará e ainda sairá pela porta da frente depois de uma campanha vitoriosa, inclusive arranjando um bom contrato antes de pendurar as chuteiras.

No ataque é que o sonho alça vôos maiores. Há, no mercado vários jogadores que estão em fim de contrato com seus clubes e poderiam dialogar com Guerrero ou Damião. Taison na Ucrânia, Ribery e Robben em Munique, Navas em Manchester e Honda em Milão, apesar de achar que Honda é mais meia que atacante de lado embora venha jogando pela direita no Milan. Todos em baixa nos seus clubes.

Só para quem pensa que é impossível, Honda, por exemplo ganha menos de 1 milhão por mês. Taison quase fechou com o Inter ano passado por 350 mil. Ribery e Robben já ganharam todo o dinheiro que precisam por gerações e poderiam vir ao Brasil encerrar a carreira e se tornar ídolos de 45 milhões de torcedores, coisa que não há em seus países. O clube paga 1 a Guerrero, porque não pagar um pouco mais a um deles?

Isso sem falar no próprio atacante. Que vai ter vários grandes nomes livres o ano que vem: Torres, Huntelaar, Ibrahimovic, Nilmar… Uma conta simples, por exemplo, vamos dizer que o Flamengo vende o Guerrero pelos 25 milhões que está na multa. 25 milhões + 13 milhões que se gasta de salário com o Peruano em um ano paga um salário de quase 3 milhões por mês. Algo como 800 mil Euros ao mês. Sem falar nos outros salários que vamos parar de gastar com jogadores caros que encerram contrato. Qual desses nomes ganha tão mais que isso e não aceitaria reduzir para jogar no maior clube da América?

Ok. É pura utopia. Mas com a boa administração do Flamengo, você diria que é verdadeiramente impossível? É, talvez até por causa dela seja, mas será que não é hora de dar um passo maior em direção ao lugar do Flamengo no mundo? Esse é o Flamengo que eu queria ver em 2017. E você? Como você imagina 2017

Anderson Alves, O otimista.


Faça como o Décio, envie também a sua coluna e veja seu texto publicado aqui neste espaço. Envie para torcedor@colunadoflamengo.com, que o avaliaremos e, se aprovado, será publicado na seção “Coluna do Torcedor”.

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2016/09/coluna-do-torcedor-como-voce-imagina-2017/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.