| Futebol

Coluna do Torcedor: “Otimismo e convicção para 2017”

flameng - Coluna do Torcedor: “Otimismo e convicção para 2017”

Por mais que seja duro para nós torcedores esse pouco mais de um mês sem futebol que seguirá, não deixamos de viver intensamente nosso ‘Flamenguismo’ neste período, pelo contrário, é quando todos viramos gerentes de futebol e mergulhamos no mercado atrás de soluções para o próximo ano.

Como pra 2017 a manutenção do técnico já está acertada, o que se discute são jogadores. Embora cada um tenha sua opinião sob as posições carentes, é senso comum que para 2017 queremos, pra não dizer precisamos, de um lateral-esquerdo, um volante e dois pontas (ou meias que joguem pelo lado).

Antes de falar das contratações é preciso mencionar os nossos reforços gratuitos pro ano que vem, a base, a tão mal utilizada há tanto tempo no Flamengo, mas de forma otimista como prometido. Eu acredito do fundo da minha alma rubro-negra que desde que o Zé Ricardo assumiu o time principal a base passou a ganhar uma atenção especial que não recebia desde os tempos áureos; existem reportagens que mostram como os garotos passaram a treinar com e como profissional, especialmente os destaques da copinha, o tal “processo de integração” que o Muricy (comentarista, quem diria) chegou a idealizar mas não aplicou.

Apesar de muitos só reconhecerem um bom trabalho e planejamento na base a partir do momento em que vemos no campo, eu garanto que o trabalho  começou em 2016, e não, o Zé Ricardo não foi uma decepção no assunto “utilização dos garotos”, ele só não caiu na armadilha de lançar os jovens igual em 2013 (onde estão?) e 2011 (quem eram mesmo?) e muitas vezes antes sem sequer arar a terra. Tanto Zé como Flávio Godinho já deram entrevistas AFIRMANDO que a colheita acontece a partir de 2017, e eu tenho CERTEZA que nossas crias brigarão de igual pra igual com o restante do elenco, no sentido de que se o Trindade (nem sei se estará no elenco, só peguei de exemplo) estiver melhor do que o Arão, ele joga, se o Vizeu estiver melhor que o Guerrero, ele joga, se o Paquetá estiver melhor que o Diego, os dois jogam juntos.

Sobre os reforços que virão de fora, nem sequer acabou o campeonato e já temos um nome forte, literalmente inclusive, para a volância, que é o Rômulo, jogador de marcação firme e boa chegada ao ataque, ex-vice que estava no futebol russo. Depois de Cáceres, Canteros, Jonas e Cuéllar, agora, se confirmada a contratação, caberá a ele a missão ingrata de tentar por no banco o Márcio Araújo. Esperemos que uma vez aqui Rômulo não volte a ter problemas com lesão, pois 3 jogos seguidos fora já são suficientes para que ele (sim, ele) retorne.  Ronaldo também deve disputar forte essa vaga e a do Willian Arão.

Pra lateral-esquerdo, se especulam muitos nomes de laterais de nível médio/bom, que possam ser considerados bons reservas para o ”Jorge Alba”. Como nosso titular era o da vez na base, não temos nenhuma opção tão boa imediatamente no sub-20, logo se comentam jogadores de times médios tais como Renê, do Sport e Reinaldo (esse é nível médio/ruim), da Ponte Preta.  Pessoalmente não gosto dessas alternativas e sou a favor de procurar opções fora do Brasil, como os também já especulados Miguel Trauco e Emmanuel Mas, o argentino por sinal está faz uns três anos na nossa lista de compras. Gostava do Dener, ele poderia ser o Rodinei da esquerda, mas infelizmente o destino tinha outros planos. Enfim, não temos um alvo determinado ainda, mas certamente alguém virá até o início da libertadores, que é a grande prioridade.

Nas pontas eu não gosto muito dos nomes que vem sendo ventilados, mas temos Paquetá e Thiago Santos pedindo passagem, sendo o primeiro um meia versátil com muito potencial e o Thiago um jogador de muita habilidade e força. Se vier o Marinho, pra mim não seria titular, que mbora tenha feito boa temporada no Vitória, não o vejo com essa bola toda pra se manter em alto nível no Flamengo, sem falar nos valores, mas se vier espero estar errado. Vitinho não convence muito boa parte da nossa torcida pelo que eu tenho visto, mas acredito bastante nele, e tenho fé que pode jogar seu futebol plenamente na gávea. No internacional ele joga numa zona onde alguém grita “bola pro Vitinho pra ele tentar resolver”, e às vezes ele resolve, então imaginem numa equipe de verdade onde há organização, aposto que ia voar.

Eu sei que esse argumento vale pro Marinho também, porém vejo mais recurso técnico no pequeno Vitor. Se vier um ”nome de segurança” tipo Éverton Ribeiro(só um exemplo) ou Bernard, melhor ainda. Com 2 contratados + base + Éverton e Éderson (eu acredito) = vida inteligente no ataque de novo.

Eu não entendo porque tanto pessimismo de alguns torcedores, teremos um elenco fortíssimo pra 2017, um bom técnico tendo sequencia de trabalho, estrutura excelente e estádio no Rio, então não é a manutenção de 3 ou 4 jogadores pouco queridos pela torcida, e que estarão no final da fila, que faz cair por terra tudo isso, todos os nossos sonhos e expectativas a respeito de títulos e bom futebol daqui em diante. É hora de levantar a cabeça, ter fé, fé nos jogadores, inclusive nos perebas, fé no DP de Futebol que sim, fez um bom trabalho em 2016, salvo algumas falhas no elenco relacionadas ao Muricy, fé na diretoria que é acusada de se importar mais com finanças do que com futebol,  e não nego que antes desse ano a gestão do futebol estava ruim mesmo, mas agora engrenou, fé na torcida que embora diga que vai cancelar o ST por causa da renovação do Márcio Araújo sempre apoiará, fé no Flamengo, essa instituição gigante e maravilhosa que nos faz sofrer tanto, mas que também nos proporciona algumas das nossas maiores alegrias, isso aqui é Flamengo, aqui a gente critica e cobra quando é preciso mesmo, mas agora o momento é de esperança, de não duvidar, porque isso aqui é Flamengo e aqui a gente ganha título até com Val e Bruninho, então acabou a choradeira e vamos olhar pra frente.

Triunfos e glórias estão logo ali.

SRN,
Nick Sousa


Faça como o Nick Sousa, envie também a sua coluna e veja seu texto publicado aqui neste espaço. Envie para torcedor@colunadoflamengo.com, que o avaliaremos e, se aprovado, será publicado na seção “Coluna do Torcedor”.

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2016/12/coluna-do-torcedor-otimismo-e-conviccao-para-2017/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.