| Futebol

Coluna do Torcedor: “Por um futebol mais organizado”

flameng - Coluna do Torcedor: “Por um futebol mais organizado”

1) Um clube não deve existir apenas pela história. Ele deve ser minimamente competitivo. Por exemplo o Brasiliense, Santa Cruz e Chapecoense. Estiveram na última divisão em menos de 5 anos já estavam na série A.

2) A discussão de que clubes pequenos não podem viajar o Brasil só existe por desorganização, pois se eles tiverem ajuda do PROFUT e o fim das gestões amadoras, talvez nomes como Caixa d’água, Eurico e Rubinho jamais iram fazer lavagem de dinheiro. Seja esse clube grande ou pequeno.

Vamos ao Campeonato:
1) Séries A e B inalteradas. Sendo que existirá um atrativo: A copa do Brasil será disputada só entre clubes das séries A e B (À exceção dos 8 clubes da Liberta, ou seja: Mata-Mata com 32 clubes);

2) Será extinta a série D. Justamente pra que haja ainda mais importância nos estaduais. A série C terá 56 clubes, sendo Campeão e Vice de cada estado + os 4 rebaixados da série B. E isso todos os anos.
Eles participarão de um campeonato de 4 grupos em sua região (Nordeste; Sudeste; Sul e Norte + Centro-Oeste) pra que o líder da chave participe da semifinal.

3) A série C não participará da CB, mas sim dos torneios regionais de mata-mata, dando vagas pra Sulamericana (Nesse caso, o campeão das 4 competições: primeira liga sem cariocas, nordeste, copa verde e rio-sp).

4) Nenhum clube que esteja nas séries A ou B pode disputar os Estaduais ou regionais. Assim os campeonatos de fato serão mais disputados, consequentemente os campeões aparecerão mais na mídia, ao invés de ficar na sombra de um clube maior. Os clubes grandes não precisam disto, pela exposição atual e patrocínios.

5) A forma dos clubes ganharem dinheiro fora da renda dos jogos, é reformarem as Federações Corruptas, e que as mesmas procurem emissoras dispostas a transmitir os estaduais e regionais. Num universo de mais de 25 canais UHF e outros tantos a cabo, com programações ridículas, sempre vai aparecer um canal. A fox foi um exemplo quando criou seu canal de esportes. E mesmo que haja a alegação que não dará audiência, o argumento vai ser simples: Numa terça-feira à noite, vc vai preferir ver o BBB ou o clube do seu bairro disputando o título de campeão estadual ou regional depois de mais 60 anos? Eu assistiria, mesmo que fosse num canal inexpressivo.

O problema que os clubes pequenos “parasitas” Não querem aceitar, é que há uma hierarquia: Local, Regional e Nacional. Quando joga um São Cristóvão com um Flamengo, só o clube pequeno ganha. Isso não é justo.

SRN,
Paulo Vinícius Sivieiro


Quer ver sua coluna publicada aqui também? Envie para o e-mail redacao@colunadoflamengo.com, com o assunto “Coluna do Torcedor“. O texto será avaliado e, se aprovado, publicado no site

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/02/por-um-futebol-mais-organizado/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.