Com a confiança em alta, Vinicius Júnior ganha chance no time titular

Com a confiança em alta, Vinicius Júnior ganha chance no time titular

Vinicius Júnior é o principal nome do Flamengo em 2018, mas ainda busca a titularidade no time de Carpegiani. Contra a Portuguesa, neste domingo, o jovem atacante vai ter a oportunidade de começar jogando no lugar de Lucas Paquetá, suspenso, e com a confiança em alta após brilhar no Equador, o camisa 20 quer dar outra mostra de que está na briga por uma vaga na equipe.

- Me dá mais confiança. Não só pra mim, mas pra toda equipe. O Flamengo não tinha ganho tem uns quatro anos na Libertadores fora de casa e conseguimos esse feito. Estou procurando evoluir a cada dia, evoluir ao máximo aqui e curtir cada momento no Flamengo - comentou o camisa 20 na chegada à Cariacica.

Se confirmado, será o sexto jogo de Vinicius Júnior como titular. O atacante marcou seis gols em 2018, sendo cinco na etapa final. O único gol que marcou como titular foi contra a Cabofriense, na TG, : 1 a 0 na Ilha do Urubu.

Após a atuação de destaque no Equador, Vini Jr recebeu elogios de Carpegiani, que o classificou como o "12º jogador". De fato, entre jogos como titular e reserva, o atacante disputou 11 das 14 partidas do Flamengo na temporada. O técnico também indicou que deve utilizar mais o jogador pela ponta direita.

Em 2018, Éverton Ribeiro foi quem mais atuou por essa faixa do campo.

JOIA AGRADECE CARINHO

Na chegada do Flamengo em Cariacica, Vini Jr foi um dos mais tietados pela torcida capixaba. O jogador agradeceu o carinho dos torcedores e ressaltou que, no Espirito Santo, o Rubro-Negro costuma jogar com casa cheia sempre.

- É sempre bom. A torcida sempre comparece aqui nos ajudando. Que seja mais uma excelente partida e que eles possam nos ajudar a vencer - disse.

Uitilzado pelo Flamengo com mais frequência desde 2015, o Kleber Andrade costuma ser palco de vitórias do clube da Gávea. No total, são 14 partidas no estádio, com 10 triunfos, dois empates e duas derrotas - 1 a 0 para o Cruzeiro, no Brasileirão de 1995, e 2 a 1 para o Palestino, na Sul-Americana de 2015.

Em 2 de fevereiro deste ano, o time de do técnico Carpegiani atuou lá uma vez: vitória por 2 a 0 sobre o Boavista com gols de Vinicius Júnior e Kadu Fernandes (contra), resultado que garantiu ao Flamengo o título da Taça Guanabara.