| Futebol

Com atenção especial a bola parada, Fla terá Eduardo contra o Coritiba

Croata é confirmado na vaga de Paulinho em treinamento focado em jogadas aéreas defensivas e ofensivas no Ninho: "Não podemos tomar gol desta maneira", avisa Luxa

Eduardo da Silva, Flamengo, Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)Eduardo da Silva terá sua primeira chance como titular (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)

Um trabalho longo, muito paralisado para orientações táticas e com atenção especial para jogadas de bola parada. Vanderlei Luxemburgo tratou de cuidar dos mínimos detalhes no último treinamento no Rio de Janeiro antes da partida com o Coritiba, domingo, no Couto Pereira, pela 15ª rodada do Brasileirão. O treinador confirmou Eduardo da Silva no lugar do lesionado Paulinho, e manteve o Flamengo na formação tática que iniciou o duelo com o Sport: 4-3-3, com três volantes e três atacantes.

Luxa não fez mistério em relação ao time que enfrentará o Coxa. Ao contrário do que é costume no Ninho do Urubu, liberou a imprensa para acompanhar todo treinamento desde o aquecimento, e solicitou privacidade apenas em lances de bola parada. E esta, por sinal, pareceu ser a maior preocupação do treinador. Fosse ofensiva e ou defensivamente, o Flamengo treinou à exaustão cobranças de escanteios e cruzamentos laterais.

Uma coisa é entrar com o time cansado, outra é entrar normal. De repente, vai economizar para durar mais. Vamos ver como vai ser"
Vanderlei Luxemburgo

Pelo alto, o Rubro-Negro venceu as duas partidas sob o comando de Luxemburgo, mas também perdeu para o Chapecoense, fora de casa - em cobrança de falta que não foi afastada pela zaga. Não foram poucas as vezes em que o técnico mandava que os cobradores repetissem os tiros de canto após orientações de posicionamento dentro da área. Ofensivamente, Everton e Hector Canteros revezaram no posto de cobrador.

- Não podemos levar gol na bola parada, como foi contra a Chapecoense. É um treinamento muito importante e que todo mundo faz - disse Luxemburgo.

O treinador justificou também a opção por Eduardo da Silva no time titular. Apesar de admitir que o croata ainda não está em sua condição física ideal, Luxa tratou como natural sua escalação, uma vez que o atacante também substituiu Paulinho na vitória sobre o Sport. Já Recife e Márcio Araújo entram nas vagas de Cáceres, suspenso, e Luiz Antonio, afastado para resolver problemas particulares.

- O cara fez um gol, o aspecto emocional muda bastante, mas não está pronto. Não conhecia o rendimento dele de perto, estou vendo agora. Uma coisa é entrar com o time cansado, outra é entrar normal. De repente, vai economizar para durar mais. Vamos ver como vai ser.

O time titular trabalhou no campo 1 do Ninho do Urubu com Paulo Victor, Léo Moura, Wallace, Marcelo e João Paulo; Recife, Márcio Araújo e Canteros; Everton, Eduardo da Silva e Alecsandro. Durante a atividade, cobranças de falta diretas para o gol também foram trabalhadas, principalmente por Canteros e João Paulo, e o lateral-esquerdo teve aproveitamento muito bom.

O elenco rubro-negro viaja nesta sexta-feira para Curitiba, onde treina na manhã de sábado no Durival de Brito. A partida com o Coritiba está marcada para domingo, às 16h (de Brasília), no Couto Pereira. O Coxa é o último colocado na tabela, com 12 pontos, seguido do Fla, com 13, em 19º. 

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.