| Futebol

Com cinco desfalques, torcida contra e Fla melhor, Santos festeja, diz Vilaron

Peixe fica no 0 a 0 com o Rubro-Negro, em Cuiabá, e se torna o líder provisório do Brasileirão. Para comentarista, a equipe carioca teve o domínio da partida

flameng - Com cinco desfalques, torcida contra e Fla melhor, Santos festeja, diz Vilaron

Sem Lucas Lima, Gabriel, Ricardo Oliveira, Zeca e Thiago Maia, o Santos empatou por 0 a 0 com o Flamengo em Cuiabá nesta quarta-feira. Com a derrota do Corinthians para o Atlético-PR, o Peixe assumiu a liderança provisória do Brasileirão. E, para o comentarista Wagner Vilaron, o resultado pode ser comemorado pelo Alvinegro Praiano. Além dos desfalques, o jornalista ainda lembrou que a maioria da torcida estava a favor do time carioca.

- As alteações do Dorival foram mais para reforçar a marcação que para a saída ofensiva. Nos últimos 15 minutos, o Santos se contentou com o resultado, com um ponto nessas circunstâncias: sem cinco titulares e fora da Vila Belmiro. O Santos, de certa forma, saiu festejando esse ponto conquistado - afirmou Wagner Vilaron.

Na sua opinião, o Flamengo foi quem esteve mais perto da vitória durante a partida, embora as duas equipes tenham jogado ofensivamente.

- Foi um grande jogo, pena que não teve o gol. A partida foi, de fato, muito interessante, mas a maior parte do tempo com domínio do Flamengo. O jogo foi legal porque Flamengo e Santos procuraram o ataque desde o início da partida. Claro, o Santos sentiu as ausências. O fato de o mando ter sido praticamente invertido, a atmosfera aqui de Cuiabá é toda pró-Flamengo. Diante disso, o Flamengo conseguiu tomar conta da partida. Quem ditou ritmo, quem teve mais presença no ataque foi o Flamengo.

Wagner Vilaron enxergou o Rubro-Negro insistindo muito no lado direito de seu ataque no primeiro tempo. E, com isso, o Santos conseguiu neutralizar. Na etapa final, com mais variações, os cariocas trouxeram mais dificuldade ao Peixe, mas não furaram o bloqueio defensivo.

- No primeiro tempo, o Flamengo dominou, mas o time jogou muito pelo lado direito. Não tem problema nenhum, desde que você tenha um pouquinho de variação. A defesa adversária percebe isso e vai ser armando, para evitar esse tipo de chegada. O Flamengo não conseguiu encontrar essa versatilidade. No segundo tempo, o papo do Zé Ricardo deve ter passado por isso, tanto que a gente viu o Chiquinho mais atuante. O Flamengo percebeu o problema e tomou uma atitude, com posicionamento diferente, com alterações, para corrigir esse problema. O Flamengo passou a jogar mais pela esquerda e pelo meio também, o que dificultou a marcação do Santos.

Na próxima rodada, o Flamengo encara o Atlético-PR em Cariacica. O Santos vai a Belo Horizonte, para encarar o América-MG.

Fonte: http://sportv.globo.com/site/programas/troca-de-passes/noticia/2016/08/com-cinco-desfalques-torcida-contra-e-fla-melhor-santos-festeja-diz-vilaron.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.