| Futebol

Com contrato de Léo Moura no fim, laterais rivais são oferecidos ao Fla

Lucas, sem clube após rescisão com o Botafogo na Justiça, e Edílson, cujo contrato com o Alvinegro vence no fim do ano, estão na lista de reforços do Rubro-Negro

treino Edilson botafogo (Foto: Satiro Sodre/SS Press)Edilson tem contrato com o Botafogo até o fim do ano (Foto: Satiro Sodre/SS Press)

Mesmo preocupado com a zona da confusão no Campeonato Brasileiro e com a Copa do Brasil pela frente, o Flamengo já começa a pensar 2015. Os representantes de jogadores sabem disso e também conhecem as carências do clube. Uma delas é na lateral direita, e nomes como Lucas, que está sem clube desde a rescisão com o Botafogo, e Edilson, que fica livre no fim do ano de seu contrato com o clube alvinegro, estão na mesa da diretoria rubro-negra para discussão.

O oferecimento de laterais acontece justamente pela situação que o Flamengo vive na posição. Léo Moura terá seu contrato encerrado no fim do ano. Existe a possibilidade de renovação, mas o assunto ainda não foi discutido com o jogador e seu empresário. O outro nome para a posição atualmente é Léo, que vem sofrendo com lesões seguidas e não se sabe em que poderá contribuir.

Por isso, os nomes de outros jogadores começaram a chegar ao Flamengo, mas sem qualquer abertura de negociação, pelo menos por enquanto. Lucas rescindiu seu contrato com o Botafogo na Justiça. Ainda quando defendia o clube carioca, recebeu uma série de sondagens, inclusive, do futebol europeu. Nada que fosse adiante.

Temperamento joga contra Edilson

Já Edilson foi valorizado depois de assumir a posição de titular do Botafogo no ano passado depois de uma grave lesão de Lucas. Com gols e boas jogadas, chamou a atenção do mercado, mas tem no temperamento difícil seu ponto fraco. No Flamengo, seu nome seria complicado de ser aceito por um desentendimento com o técnico Vanderlei Luxemburgo quando ainda estava no Grêmio em 2012.

Além da lateral direita, o Flamengo também vai ao mercado em busca de laterais-esquerdos, volantes, meias e atacantes. O único setor considerado preenchido é a zaga, mas ainda assim o clube poderá contratar outro nome caso não renove com Chicão, que tem compromisso até o fim da atual temporada.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.