Conforme relembra o ​Lance!, o atleta chegou ao seu sexto gol em 2017, três vezes mais que em 2016. “Fico feliz de estar participando. O professor pede sempre para que eu vá para a área e busque tocar essa bola cruzada. Acabei sendo servido pelo Paolo na casquinha e depois pelo Everton. Estou feliz pelos dois gols e mais feliz ainda pela vitória”, disse o jogador.

No atual Campeonato Brasileiro, Réver já marcou cinco vezes. Ou seja, no quesito artilharia, dentro do elenco rubro-negro só perde para Diego, com oito gols, e Guerrero, com seis. “Ele é um líder nato e contagia o grupo. Os gols foram um prêmio para que continue aprimorando este lado ofensivo dele”, salientou o técnico Reinaldo Rueda. É, ter um zagueiro matador ajuda bastante. O Flamengo que o diga.

​​