• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Com eliminação precoce, Benfica fica sem aporte financeiro para insistir em Gerson e Bruno Henrique; entenda

Por: Guilherme Calvano

Nesta terça-feira (15), o Benfica perdeu por 2 x 1 para o Paok, da Grécia, e está eliminado da Liga dos Campeões. Após o jogo, muitos torcedores do Flamengo comemoraram nas redes o fiasco do time comandado por Jorge Jesus. Mas o que pouca gente sabe é que tal eliminação pode ser muito benéfica ao Rubro-Negro. Isso porque, com a queda precoce dos encarnados na competição de clubes mais importantes do mundo, o clube possivelmente não terá dinheiro suficiente para investir em Gerson e Bruno Henrique.

Desde que chegou ao Benfica, Jorge Jesus, por mais que esconda, tem a intenção de levar a dupla do Mais Querido. Na última semana, de acordo com o jornal ‘ A bola’, de Portugal, os portugueses ofereceram 30 milhões de euros (aproximadamente R$ 189,8 milhões na cotação atual) pelos dois jogadores, proposta que foi prontamente recusada pela diretoria rubro-negra. No entanto, ainda segundo o diário, os benfiquistas seguiriam insistindo no negócio e esperavam contar com um trunfo para seduzir o Fla.

A saber, o clube de Lisboa pretendia usar um aporte financeiro de 15 milhões de euros (cerca de R$ 94 milhões) advindo de uma possível classificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões, com o intuito de inteirar na negociação e trazer Gerson e Bruno Henrique. Sendo assim, com a desclassificação para os gregos, as chances de saída de ambos diminuí consideravelmente, visto que o Benfica não vive bom momento financeiro.

Bruno Henrique e Gerson foram peças fundamentais nas conquistas recentes do Flamengo e fazem parte dos planos do clube. Enquanto o volante cumpre função essencial de dinamizar o meio campo do Mais Querido e fazer a transição defesa-ataque, o atacante, que não vive boa fase e está voltando de lesão, é decisivo lá na frente e já acumula 43 gols em 81 jogos com a camisa rubro-negra.

 

Publicado em colunadofla.com.