| Futebol

Com gol irregular e pênalti polêmico, Fla bate Timão no Maraca e respira

Eduardo, impedido, dá gol para Wallace e depois erra penal contestado pelos paulistas; Flamengo se distancia do Z-4, Timão segue no G-4

  • lance capital

    19 do 2º tempo


    Léo Moura cruza na área, e Eduardo da Silva, em posição irregular, ajeita para Wallace marcar para o Fla. Arbitragem erra e valida o gol.

  • arbitragem

    polêmica


    Além de validar gol irregular do Fla, Sandro Meira Ricci deu pênalti em bola na mão de Fagner. Corintianos chiaram muito. Mas Cássio pegou chute de Eduardo da Silva.

  • estatísticas

    Fla é melhor


    Houve equilíbrio na posse de bola (50% para cada lado), mas, nas finalizações, o Flamengo foi amplamente superior, com 18 chances de gol contra cinco do Corinthians.

O Flamengo venceu o Corinthians por 1 a 0, na tarde deste domingo, no Maracanã, em jogo marcado por uma arbitragem polêmica de Sandro Meira Ricci. O gol do Fla, marcado por Wallace, saiu em jogada irregular - o zagueiro recebe de Eduardo da Silva, que estava em posição de impedimento. Depois, Ricci deu pênalti de Fagner em chute de Everton que explodiu na mão do corintiano - os paulistas reclamaram que o lateral não teve intenção de levar a mão à bola e que tinha o braço colado ao corpo. O público pagante foi de 32.400 pessoas (36.905 no total), com renda de R$ 1.449.317,50.

- O gol foi irregular. O assistente número 2, Elan Vieira de Souza, esperou para ver quem participaria da jogada, mas ele comeu bola. O Eduardo, que já estava à frente, domina a bola para o Wallace (fazer o gol) - disse Paulo César de Oliveira, comentarista de arbitragem da TV Globo.

- Não houve o pênalti. O gesto que o Sandro Ricci faz quer dizer que o Fagner está fazendo um gesto de bloqueio, o que não ocorreu. Ele está com o braço junto ao corpo. Ele está virando, e a bola bateu no braço dele - emendou Paulo César.

saiba mais
  • Classificação e jogos do Brasileirão
  • Veja como foi o tempo real da partida

O resultado foi excelente para o Flamengo, que se recupera de uma sequência de duas derrotas e vai a 28 pontos, abrindo oito da zona do rebaixamento (número que pode cair para sete, caso Vitória ou Criciúma vençam seus jogos, que começam às 18h30).

Já o Corinthians segue em quarto, com 36, mas podendo ser ultrapassado pelo Grêmio, que encara o Atlético-MG também no complemento da rodada, às 18h30 no Independência.

Na próxima rodada, o Flamengo joga na quarta-feira, contra o Palmeiras, às 22h (de Brasília), no Pacaembu. Já o Corinthians recebe a Chapecoense, na quinta, às 19h30, na Arena de Itaquera.

marcio araujo elias flamengo x corinthians (Foto: Marcelo Carnaval/Agência Globo)Márcio Araújo passa por Fábio Santos, observado por Elias (Foto: Marcelo Carnaval/Agência Globo)

O jogo

A etapa inicial foi de poucas chances de gol, com seis finalizações do Flamengo e duas do Corinthians (ambas com Elias, sem perigo, sendo a primeira só depois de 23 minutos de jogo). O Fla foi melhor, principalmente nos primeiros 20 minutos, quando Everton encontrou muita liberdade pela esquerda, às costas de Fagner. No total, foram oito jogadas do Rubro-Negro pelas laterais e nenhuma do Timão no primeiro tempo inteiro. Mano Menezes corrigiu o problema defensivo, deslocando Ralf para fazer a cobertura na direita. E o jogo ficou ainda mais truncado, com pouquíssima criatividade no setor de meio-de-campo das duas equipes.

No segundo tempo, o jogo melhorou. O Corinthians chegou a criar uma grande chance com a dupla Guerrero e Luciano, mas foi o Flamengo quem abriu o placar, aos 19, com Wallace, aproveitando a "ajudinha" de Eduardo da Silva em posição irregular. Depois disso, Mano Menezes mandou o Corinthians todo ao ataque - trocando o volante Ralf pelo atacante Malcom, e depois Lodeiro por Renato Augusto. Com isso, o Fla passou a apostar só nos contra-ataques e teve uma chance de ouro para fazer o segundo, aos 36, num pênalti muito contestado pelos corintianos - o chute de Everton, à queima-roupa, pega na mão de Fagner, que tem o braço colado ao corpo. Eduardo da Silva bateu mal, e Cássio defendeu.

wallace flamengo x corinthians (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)Wallace, ex-Corinthians, comemora o gol do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)

 

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.