| Futebol

Com mãos e pés acima da média, Herrmann lidera Fla na vitoriosa estreia

Na abertura do NBB 7, ala-pivô argentino com características marcantes é o cestinha rubro-negro no triunfo ante o Paulistano: "Minhas mãos são maiores que a dos outros"

Walter Herrmann Flamengo basquete NBB mãos (Foto: David Abramvezt)Herrmann mostra suas enormes mãos após a estreia no NBB (Foto: David Abramvezt)

Walter Herrmann deu duas grandes mãos para que o Flamengo tivesse uma estreia vitoriosa no NBB 7, na noite de sexta-feira, em São Paulo. Com 21 pontos, o ala-pivô argentino, que usa tênis número 50, foi o cestinha rubro-negro no triunfo por 99 a 91 sobre o Paulistano. Na partida, em diversos lances foi possível ver o quanto a bola encaixa nas mãos do campeão olímpico em Atenas 2004 pela seleção argentina. Contratado pelo Fla no começo de agosto, o jogador de 2,06m demonstrou que tem tudo para ser um dos grandes destaques da temporada 2014/2015. Muito disso por conta das enormes mãos do veterano de 35 anos de idade.

- Desde os meus 15 anos de idade, eu tenho as mãos e os pés desses tamanhos. Estou acostumado, mas sei que minhas mãos são maiores que a dos outros jogadores. Acho que essas mãos grandes me fizeram ter um domínio de bola acima da média. Os pés acho que não influenciam tanto, mas servem para aguentar bem o meu corpo. Eu agradeço pela sorte de ser assim e jogar basquete - afirmou Herrmann, que atuou por quatro temporadas na NBA e foi eleito o melhor jogador da última temporada na Argentina, quando estava no Atenas.

saiba mais
  • Com virada no 3º quarto, Flamengo bate Paulistano e larga bem no NBB 7
  • Assista aos melhores momentos da vitória do Flamengo sobre o Paulistano
  • Assista a um belo lance de Herrmann na pré-temporada da NBA
  • Confira o guia com todos os detalhes do NBB 7
  • Veja a tabela de classificação do NBB 7

Os outros principais jogadores do garrafão do Flamengo, Meyinsse e Olivinha, também são altos, mas têm os pés e as mãos menores do que os do hermano. O americano mede 2,07m – um centímetro a mais do que Hermann e calça 49. Já o brasileiro mede 2,03m e usa tênis "só" de número 47.

- O Herrmann tem mesmo as mãos e os pés bem grandes. Isso o ajuda e o nosso time também. Ele entrou muito bem no time em que todo mundo já se conhecia e tinha um entrosamento. Ele é muito habilidoso e também um bom companheiro, que está se entrosando muito bem dentro e fora de quadra - comentou Meyinsse, o segundo maior pontuador do Fla contra o Paulistano, com 14 pontos.

Walter Herrmann Flamengo basquete NBB pés (Foto: David Abramvezt)Detalhe do pé que calça número 50 de Herrmann (Foto: David Abramvezt)

Dentre os 21 pontos convertidos por Herrmann, 15 foram em arremessos da linha dos três, região na qual ele teve um bom aproveitamento de 62,5% dos tiros (cinco em oito tentativas). Tal característica não é tão comum para um ala-pivô.

- Não é tão normal, mas eu gosto de chutar de três. Para isso, eu tento aproveitar os espaços que me dão. Deu bastante certo nessa minha estreia na liga brasileira e espero continuar ajudando o Flamengo o máximo que eu puder - afirmou o camisa 1 rubro-negro.

Após uma semana intensa, com direito a conquista do décimo título carioca consecutivo e da estreia no NBB 7, o Flamengo só voltará a jogar na próxima sexta-feira, contra a Liga Sorocabana, às 20h (de Brasília), em Sorocaba (SP).

Walter Herrmann Flamengo basquete NBB (Foto: David Abramvezt)Walter Herrmann tem aproveitado bem a suas enormes mãos na carreira (Foto: David Abramvezt)


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.