• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Com oferta dos Estados Unidos, representantes de Lincoln pedem folga ao Flamengo

Os últimos dias tem sido muito turbulentos no ambiente do Flamengo. Entre acusações de formação de ‘panelas’, saída de treinador, busca por novo e clima ruim na diretoria, o Mais Querido parece não ter remédio para a crise. Porém, certamente, um dos mais afetados por tudo isso é o atacante Lincoln, que ainda não conseguiu regularizar sua saída do clube. Em suma, empresários do atleta negociam quatro dias de folga do Rubro-Negro, para acertar os últimos detalhes da transferência rumo aos Estados Unidos.

O imbróglio começou no mês passado, quando a diretoria do Flamengo tomou uma decisão que chocou os empresários do atleta. Antes de partida decisiva, dirigentes resolveram afastar Lincoln do elenco profissional, e o colocaram para treinar no sub-20. Com a situação cada vez mais insustentável, os representantes do atacante procuraram outro clube para o jogador, enquanto cuidavam de sua situação no Mais Querido. Entre os interessados, o Vissel Kobe, do Japão, e o FC Cincinatti, dos Estados Unidos, apareceram como principais nomes.

O clube japonês foi o que mais investiu na contratação, e chegou a enviar representantes ao Brasil. Porém, as primeiras ofertas não agradaram, e a negociação parecia chegar a um final feliz para os americanos. Contudo, os japoneses aceitaram a contraproposta do Mais Querido, que ficou dessa forma: 500 mil de dólares à vista ( R$ 2,7 milhões), com opção de compra em 2,5 milhões de dólares (R$ 13,5 milhões) por 75% dos direitos e obrigação de compra se Lincoln disputasse 50% dos jogos.

Tudo parecia caminhar bem, até que, na última segunda-feira (11), o Mais Querido não retornou a documentação. Dessa forma, ficou claro que o Flamengo havia desistido de vender o atleta nestas condições, priorizando uma negociação de venda direta. A decisão gerou mal estar entre os representantes japoneses que, assim como Lincoln, já davam o acordo como certo. Porém, tudo mudou e, agora, o FC Cincinatti parece ser o destino do atacante para a próxima temporada.

Publicado em colunadofla.com.