• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Com onda de desfalques do Fla, Diego Alves fica sem atuar pela Libertadores por 258 dias

O Flamengo enfrenta o Racing, nesta terça-feira (24), pela primeira partida das oitavas de final da Libertadores da América. Diego Alves conta com a confiança de Rogério Ceni e será titular da equipe. Contudo, o goleiro não atua pela competição continental há mais de oito meses, ou seja, o arqueiro está sem entrar em campo pelo torneio há exatos 258 dias.

A última partida de Diego Alves na Libertadores da América ainda foi pela segunda rodada da fase de grupos, na vitória por 3 a 0 sobre o Barcelona de Guayaquil, no Maracanã, no dia 11 de março. De lá para cá, o futebol brasileiro foi paralisado por conta do novo cornavírus e quando a bola voltou a rolar no país, o goleiro sofreu lesão no ombro.

A partir disso, César tomou conta da posição, inicialmente. O então reserva imediato atuou em três jogos da Libertadores, na terceira (derrota para o Independiente Del Valle, 5 a 0) e quarta rodada (Vitória sobre o Barcelona de Guayaquil, 2 a 1), além da sexta (triunfo sobre o Junior Barranquilla, 3 a 1). Na quinta (goleada em cima do Del Valle, 4 a 0), Hugo Souza foi utilizado por Domènec Torrent, treinador da equipe na época.

Com isso, Diego Alves vive a expectativa de ser titular na Libertadores da América novamente, após quatro jogos ausentes. O confronto terá início às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Presidente Perón, em Buenos Aires, na Argentina. O segundo e decisivo duelo das oitavas de final da competição continental acontece no dia 01 de dezembro (terça-feira), no Maracanã, também às 21h30 (horário de Brasília).

Publicado em colunadofla.com.