Com paulista no apito de Vitória x Fla, Caetano pede revisão de escolhas

Com paulista no apito de Vitória x Fla, Caetano pede revisão de escolhas

A escalação do paulista Vinicius Furlan como árbitro do duelo entre Vitória e Flamengo, marcado para sábado, às 18h30, em Salvador, deixou o Rubro-Negro em alerta. O diretor executivo Rodrigo Caetano não faz nenhuma ilação a respeito do nome de Furlan, a quem, inclusive, elogiou. Em contrapartida, julgou que isso poderia ser evitado diante do fato de quatro dias depois o Fla ter como adversário o Palmeiras, atualmente principal rival na busca pelo título.

- Preocupação não é a palavra, mas joga para cima do árbitro uma responsabilidade desnecessária. Nos últimos jogos observamos um crescimento da arbitragem, não só nos jogos do Flamengo. Diminuíram os erros, e isso é mérito do trabalho da comissão de arbitragem. Como é sorteio, não dá para julgar a escolha como falta de bom senso, mas é um risco. Querendo ou não o jogo da próxima quarta é considerado por muitos uma das decisões do campeonato. Aí joga para cima de um árbitro que é paulista uma responsabilidade acima da média. Espero que se saia bem, pois o Vinicius é um bom árbitro, apita bem e está preparado. O critério do sorteio é que te deixa sujeito a esse tipo de coisa - afirmou.

Rodrigo Caetano mostrou preocupação em relação à situação de quatro rubro-negros pendurados: Pará, Jorge, Everton e Mancuello. Por isso, voltou a pedir revisão nos critérios das escolhas de árbitros.

- Depois da vitória sobre a Ponte Preta num jogo dificílimo, certamente será um enfrentamento que pode encaminhar muita coisa. Claro que perder jogadores desse porte é uma preocupação que temos. Não quero fazer pressão para cima do árbitro, mas tínhamos que discutir melhor os critérios para esse tipo de coisa. Até para preservar, porque querendo ou não tem muita coisa em jogo agora e cada detalhe pode fazer a diferença lá na frente.

O Flamengo volta a campo neste sábado, às 18h30, no Barradão, onde enfrenta o Vitória. Na sequência, pega o Palmeiras na arena do líder da competição, às 21h45 da próxima quarta-feira.