• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Com pênalti polêmico no fim, Flamengo fica no empate com o Del Valle e decide Recopa no Maracanã

O Flamengo ficou no empate em 2 a 2 com Independiente Del Valle, na noite desta quarta-feira (19), em Quito, depois de conseguir virar a partida. O pênalti polêmico no fim, marcado a favor do time equatoriano, foi determinante, e a decisão da Recopa Sul-Americana fica para o Maracanã, na quarta-feira de cinzas, dia 26.

O JOGO

O Independiente Del Valle iniciou melhor a partida, mostrando bastante qualidade na saída de bola, ainda que pressionado em algumas ocasiões. O Flamengo, por sua vez, não mantinha uma marcação tão alta em relação ao demais jogos.

Superior no jogo, o Del Valle saiu na frente do placar aos 19 minutos. Em cobrança de falta pelo lado esquerdo, Murillo acertou o ângulo de Diego Alves, que errou no tempo de bola e não conseguiu alcançar. A velocidade na altitude fez a diferença e “matou” o goleiro rubro-negro no lance.

Bruno Henrique ainda conseguiu deixar tudo igual no placar aos 26 minutos, mas a arbitragem assinalou impedimento. O atacante recebeu lindo lançamento de Arrascaeta, aparecendo nas costas da marcação, saiu cara a cara com o goleiro e deu o toque para balançar a rede. Depois de muita demora, o VAR anulou o gol.

Sem contar com Gabigol, suspenso, Jorge Jesus apostou em Bruno Henrique mais avançado, fazendo a função de falso 9. Dessa forma, o camisa 27 pouco apareceu na partida, ficando isolado no ataque durante as ações ofensivas da equipe. A dupla de volantes Willian Arão e Gerson também participaram pouco no primeiro tempo, marcado pela superioridade do Del Valle.

Na etapa complementar, Jorge Jesus apostou em Vitinho na vaga de Diego Ribas, e o lado esquerdo melhorou consideravelmente. O atacante entrou bem partida e era o mais acionado entre os jogadores de frente do Flamengo.

Apesar da melhora do Rubro-Negro, foi o Independiente quem chegou com mais perigo, aos 19 minutos. Gabriel Torres recebeu na frente, partiu em velocidade, e bateu cruzado, mas Diego Alves apareceu para fazer grande defesa e salvar o clube da Gávea.

O Flamengo não se assustou, foi para cima do Del Valle e deixou tudo igual no placar aos 20. Arrascaeta dominou no círculo central e achou Bruno Henrique na esquerda. Imparável, o atacante colocou na frente, se livrou facilmente da marcação e deu um leve toque para completar para o fundo da rede. O jogador nem comemorou, uma vez que se chocou com o goleiro adversário e virou motiv de preocupação para o Fla.

Pedro foi lançado por Jorge Jesus logo após a saída preocupante de Bruno Henrique, e foi dele o gol da virada do Rubro-Negro. Aos 40, Vitinho arrancou pela esquerda e fez o cruzamanto. Everton Ribeiro aproveitou do outro lado do campo, se livrou da marcação e cruzou na medida para Pedro, que apenas confereu no meio da grande área.

Com um pênalti polêmico no fim, marcado já aos 45 minutos, o time equatoriano deixou tudo igual na partida. Pellerano soltou uma bomba no canto direito de Diego Alves, que acertou o canto, mas não conseguiu pegar.

Publicado em colunadofla.com.