| Futebol

Com pinturas de Wallyson, Vila vence Fla pela primeira vez em sua história

Atacante, ex-Botafogo, Cruzeiro e São Paulo marca em chute de fora da área e num belíssimo voleio; Leandro Damião deixa o dele

No primeiro confronto entre Vila Nova e Flamengo após quase 40 anos - o último havia sido disputado em setembro de 1979 -, os anfitriões tiveram mais vontade e venceram por 2 a 1 no Serra Dourada. E com duas pinturas de Wallyson, ex-Botafogo, Cruzeiro e Wallyson. Leandro Damião deixou o dele.

Foi a primeira vitória do Vila Nova na história do confronto com o Flamengo. O 4-4-2 rubro-negro não funcionou no primeiro tempo, e o time de Zé Ricardo foi pouco criativo.

Vila aproveita recuo e abre placar na etapa inicial

Num primeiro tempo de nível técnico baixo, o Flamengo começou buscando o jogo, e Mancuello, novidade no time titular, aparecia bem pelo lado direito. Dos pés dele, saíram duas boas jogadas. Na primeira, Guerrero cabeceou por cima. Na outra, virou para Jorge, que cruzou, e Arão cabeceou com firmeza.

Depois disso, o Flamengo mostrou desinteresse e chamou o Vila Nova para o seu campo defensivo. Wallyson, aos 30, chutou com perigo. Aos 39, não houve perdão. A zaga deu muito espaço, e Wallyson marcou um golaço. Pouco depois, o mesmo camisa 9 do Tigrão quase ampliou, com um chute cruzado na trave esquerda de Wallyson. Em meio à blitz do Vila, apenas um arremate perigoso pelo lado rubro-negro, desferido por Jorge.

Segundo tempo com nova pintura de Wallyson

No início do segundo tempo, o Flamengo, com o time todo diferente, também iniciou buscando o jogo, e Damião apareceu com cabeçadas em cruzamentos do estreante Trauco e de Adryan. O 4-3-3 estava melhor definido, com Adryan na ponta esquerda, Cirino na direita e Damião centralizado.

De tanto insistir pelas pontas, o Flamengo conseguiu. Adryan observou bem a movimentação de Leandro Damião e lançou. O camisa 18 bateu bem e deixou tudo igual aos 21 minutos.

Aos 33, quando o Flamengo era melhor em campo, Wallyson resolveu reaparecer e novamente numa pintura. Mateus Anderson aplicou caneta em Trauco e cruzou para Wallyson, de voleio, marcar um lindo gol.

De consolo para o Flamengo a boa atuação do estreante Miguel Trauco, que substituiu Jorge no segundo tempo.

Wallyson com o pé calibrado

Atacante que surgiu no cenário nacional com a camisa do Cruzeiro e com passagens por São Paulo e Botafogo, Wallyson estava com o pé direito calibrado. No primeiro tempo, marcou um golaço de fora da área. Na etapa final, de voleio, fechou a conta. Vale destacar que, com a esquerda, já havia carimbado a trave.

Leandro Damião faz primeiro gol com a bola rolando

Com dois gols em 2016, Leandro Damião marcou o seu primeiro com a bola rolando pelo Rubro-Negro em 2017. Só havia feito de pênalti até então. Apareceu com perigo em cruzamentos de Trauco e Adryan, mas seus companheiros não conseguiram segurar Wallyson em noite inspirada.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/go/futebol/noticia/2017/01/com-pinturas-de-wallyson-vila-vence-fla-pela-primeira-vez-em-sua-historia.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.