| Futebol

Com poucas chances, Adryan busca transferência em definitivo do Fla

Com elogios de Zé, mas apenas 82 minutos em campo desde volta do futebol francês em julho, agente do jogador procura clube para meia e não descarta mercado nacional

flameng - Com poucas chances, Adryan busca transferência em definitivo do Fla

Do tratamento de joia recebido no início da década pelo bom rendimento na base ao baixo aproveitamento no retorno ao clube, a vida de Adryan no Flamengo é feita de altos e baixos.

Depois de dois anos e meio na Europa, o meia voltou cercado por alguma expectativa e elogios do técnico Zé Ricardo - ele chegou a pedir para a diretoria não negociá-lo. Mas o jogador atuou apenas 82 minutos no total de quatro partidas.

A visão do treinador

O empresário do jogador, Reinaldo Pitta, admite que vai buscar um novo clube para Adryan. Aos 22 anos, ele segue treinando com o grupo, mas não vai sequer para o banco desde o início de outubro. O treinador do Flamengo voltou a elogiar o meia na semana passada, mas lembrou o tamanho do elenco e as dificuldades em colocá-lo nesta reta final de Campeonato Brasileiro.

- É uma questão matemática. Tenho que fazer escolhas. Espero que ele tenha paciência porque no momento certo ele vai ser aproveitado - disse o treinador antes do clássico contra o Botafogo.

A ideia do empresário

Campeão da Copinha em 2011, Adryan saiu do Flamengo em 2014. Passou Cagliari-ITA, Leeds-ING e Nantes-FRA, que chegou a acenar com proposta de compra, mas longe dos valores que o Flamengo desejava. 

- A ideia é transferi-lo definitivamente do Flamengo. O treinador parece que gosta do Adryan, mas infelizmente ele não tem muitas oportunidades. Gostaríamos de conseguir uma boa venda para fora ou para um clube de bom nível do Brasil - afirmou Reinaldo Pitta, empresário do atleta, preocupado que o Fla, clube com o qual tem ótima relação, também lucre numa eventual negociação.

Adryan voltou ao Flamengo no início de julho. Recebeu sua primeira oportunidade na vitória por 2 a 1 sobre o América-MG no fim do mesmo mês, atuando nos oito minutos finais de jogo. Voltou a jogar nos 10 últimos minutos do empate com o Santos (0x0). Depois disso, entrou nas etapas finais dos duelos com Sport (0x1) e Figueirense (2x4). Em ambos, atuou por 32 minutos. 

O silêncio da diretoria

O diretor executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano, não opinou se uma saída de Adryan seria interessante, porém disse que o clube trabalha com filosofia de "economia interna". O contrato do jogador com o Rubro-Negro vence em dezembro de 2017.

- Nesse momento estamos focados no campeonato, e o nosso planejamento é silencioso e de economia interna - afirmou Caetano.

Formado na base rubro-negra, Adryan tem 52 jogos pelo Flamengo. Sua maior sequência como titular deu-se entre 22 e 29 de julho de 2012, período no qual iniciou consecutivamente as partidas com Cruzeiro (0x1), Portuguesa (0x0) e São Paulo (1x4).

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/11/com-poucas-chances-adryan-busca-transferencia-em-definitivo-do-fla.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.