| Futebol

Com preferência por decisão em casa, Fla vive nova situação após sorteio

Acostumados a disputar o jogo de volta no Maracanã, time vai abrir como mandante o confronto com o Atlético-MG, pela semifinal da competição

Nixon treino Flamengo (Foto: Thales Soares)Nixon treinou nesta sexta (Foto: Thales Soares)

Apesar de estar com as atenções voltadas para o Campeonato Brasileiro, o Flamengo soube nesta sexta-feira que vai decidir fora de casa o confronto com o Atlético-MG pela semifinal da Copa do Brasil. O fato não acontecia desde as quartas de final da edição de 2011 da competição, quando foi eliminado pelo Ceará.

Na campanha do título de 2013, o Flamengo decidiu todos os confrontos como mandante. Os jogadores sabem como a torcida tem ajudado o time nos jogos realizados no Maracanã. Desta vez, o jogo de ida será no Rio de Janeiro no dia 29 deste mês. A volta acontecerá no Mineirão, dia 5 de novembro.

- Preferia decidir em casa, com o apoio da torcida, mas a gente não escolhe. São jogos difíceis. Vamos encarar buscando sempre a vitória e saber que tem uma equipe muito competente do outro lado - afirmou o goleiro Paulo Victor.

Passo a passo, os jogadores têm conseguido se desligar de uma competição para analisar a outra. Domingo, o time enfrenta o Atlético-PR, em Curitiba, pelo Campeonato Brasileiro. Ainda há tempo para pensar na Copa do Brasil e no Atlético-MG.

- Estamos sempre dispostos a dar o melhor. Quando se trata de mata-mata, não se sabe como o adversário vai agir até chegar o jogo. A torcida é fundamental e vamos procurar fazer o melhor em casa. Depois, pensamos no segundo jogo. Até lá, é outra história. O professor sabe lidar com isso - disse o atacante Nixon.

Depois da vitória sobre o América-RN, pelas quartas de final da Copa do Brasil, o técnico Vanderlei Luxemburgo afirmou que não havia mais como pensar em priorizar uma ou outra competição. Os jogadores entenderam o recado.

- A Copa do Brasil é importante. Fomos campeões ano passado e não temos que deixar de lado. É saber que é outro momento, outros times em outro cenário. Se Deus nos permitiu estar na semifinal, temos que acreditar sim - comentou Nixon.


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.