| Futebol

Com sabor amargo pós-Copa, Inter e Fla buscam volta por cima no Beira-Rio

Com metas distintas, gaúchos e cariocas tentam vitória após decepção na volta do Brasileirão. Colorado fará série de homenagens ao ídolo Fernandão, morto em junho

A urgência por vitória é a mesma, mas por razões bem diferentes. Internacional e Flamengo tiveram tempo de sobra para prepararem suas equipes. Treinaram aos montes, projetaram um retorno triunfal ao Brasileirão e... decepcionaram. Depois da longa paralisação para a Copa do Mundo, perderam, e tentam fazer as pazes com o torcedor neste domingo, às 16h (de Brasília), no Beira-Rio, pela 11ª rodada. O Colorado, que a exemplo do que fez na última quarta-feira prestará novamente tributo ao ídolo Fernandão, mira o G-4, enquanto os rubro-negros, há sete partidas em jejum, sonham se livrar da zona do rebaixamento ou, no mínimo, largar a lanterna.

Com 16 pontos em 10 partidas, o Inter é o nono colocado do Brasileirão. A boa notícia para os colorados é que o técnico Abel Braga contará com a volta de quatro jogadores para o confronto: Aránguiz, Wellington, Luque e Alex. Um dos destaques da seleção chilena na Copa do Mundo, Aránguiz está recuperado de um problema no joelho direito e é o principal “reforço”. Outro combustível é a emoção: com distribuição de 30 mil máscaras, caminhada de torcedores e presença da mulher Fernanda, Fernandão, morto em acidente aéreo em junho, receberá série de homenagens.

No Flamengo, Ney Franco tem problemas para, enfim, vencer desde o retorno ao clube. Passados dois meses e seis dias da apresentação oficial como substituto de Jayme de Almeida, o treinador tem três empates e três derrotas pelo Rubro-Negro. Por uma nova realidade, chegou a mudar o esquema tático diante do Atlético-PR, no meio de semana, mas não deu certo. A derrota por 2 a 1, em Macaé, e a lesão muscular de Samir o fizeram voltar atrás e retornar ao 4-4-2. O desejo, no entanto, era promover a estreia do argentino Hector Canteros, mas vai ter que ficar para próxima. Um dos únicos dois reforços contratados na paralisação da Brasileiro para Copa do Mundo - o croata Eduardo da Silva foi o outro -, o volante ainda não está regularizado na CBF e terá que esperar o clássico com o Botafogo para entrar em campo.

A Rede Globo transmite para RJ, ES, GO, TO, MS, MT, BA, AL, PE, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP, DF, RS (menos Porto Alegre), SC, PR (menos Londrina, Maringá e Paranavaí) e MG (Juiz de Fora). O Premiere, PFC e PFC HD transmitem para todo o Brasil. O GloboEsporte.com acompanha em tempo real, com vídeos.

HEADER escalacoes 690 (Foto: Infoesporte)



Internacional: com a volta de Aránguiz confirmada, Abel Braga resolveu fazer mistério de última hora. Pode colocar Wellington no meio-campo, liberando mais o chileno para atacar. O provável time: Dida; Wellington Silva, Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alan Patrick, D’Alessandro e Jorge Henrique (Wellington); Rafael Moura.

Flamengo: sem Samir, Ney Franco abre mão do esquema 3-5-2 que não deu muito certo diante do Atlético-PR. Na vaga do zagueiro, entre Luiz Antonio no meio-campo, mudando a formação para o 4-4-2. Já no ataque, Paulinho, que sente dores no pé direito por uma pancada sofrida diante do Furacão, está vetado e dará lugar a Lucas Mugni. Outro que não joga é Everton, com problema no tornozelo direito. Nixon deve assumir a vaga. Assim, a tendência é que o Fla entre em campo com Felipe, Léo Moura, Wallace, Chicão e André Santos; Recife, Luiz Antonio, Elano e Lucas Mugni; Nixon e Alecsandro.

HEADER quem esta fora 690 (Foto: Infoesporte)



Internacional: Índio se recupera de uma tendinite no joelho direito, e Otávio ainda sofre com uma lesão muscular na coxa esquerda.

Flamengo:
 contratado durante a paralisação para Copa, Hector Canteros ainda não está regularizado e não pode estrear. Além dele, não estão aptos Paulinho, Everton, Samir, Léo, Gabriel, Cáceres e Hernanes, que estão no departamento médico.

header pendurados 690 (Foto: arte esporte)

Internacional: D'Alessandro, Dida, Otávio e Wellington Paulista.

Flamengo: Amaral, André Santos, Elano, Léo Moura, Lucas Mugni, Luiz Antonio e Victor Cáceres.

Header arbitragem o arbitro 690 (Foto: Arte / Globoesporte)



árbitro Sandro Meira Ricci - Internacional x Flamengo (Foto: Editoria de Arte)




Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.