| Futebol

Com vínculos até o fim do ano, seis jogadores aguardam decisões do Fla

Caso não sejam procurados para renovação, Léo Moura, Chicão, João Paulo, Márcio Araújo, Nixon e Arthur ficarão livres para assinar pré-contratos com outros times

João Paulo Flamengo x Internacional (Foto: Alexandre Vidal / Flaimagem)Na lista dos que têm contrato até dezembro, João Paulo é um dos mais contestados pelos torcedores (Foto: Alexandre Vidal / Flaimagem)

Ao mesmo tempo em que se movimenta na busca por reforços visando livrar-se da penúltima colocação do Campeonato Brasileiro, o Flamengo tem no mês de junho a missão de decidir o futuro de alguns dos jogadores de seu elenco. Seis atletas que compõem o grupo principal comandado por Ney Franco têm seus vínculos atuais com vencimento no dia 31 de dezembro de 2014. Caso a diretoria rubro-negra não os procure, ficam livres para assinar pré-contrato com outros clubes a partir do primeiro dia de julho.

A situação acontece com jogadores de quase todas as posições. Léo Moura, João Paulo, Arthur, Márcio Araújo, Nixon e Chicão são os que têm contrato até o fim desta temporada e esperam o início das negociações. Os três últimos agradam a diretoria e devem ser procurados em breve para prorrogar seus vencimentos.

- São três jogadores que nós temos interesse de permanecer, e isso tudo passa pela avaliação do treinador. São bastante interessantes - disse o presidente Eduardo Bandeira de Mello.

Ao ser questionado sobre João Paulo, o mandatário desconversou. A respeito do jovem Arthur, utilizou o acerto recente com um dos destaques do elenco como exemplo.

- Todos eles, falando como torcedor, pois não estou participando diretamente do processo de avaliação dos jogadores, devem seguir nisso aí. O Arthur acabou de chegar, mas esperamos o momento certo de renovar esse contrato que vai até o fim do ano. Foi como aconteceu com o Paulinho quando veio para o Flamengo.

A situação de Leonardo Moura, ídolo do clube e com muitas conquistas no currículo, no entanto, é a mais tranquila, já que suas renovações têm sido anuais desde 2011 e o acerto só costuma ocorrer em dezembro.

*Por Thiago Benevenutte, estagiário

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.