• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Comentarista diz que Domènec terá mais trabalho que Jorge Jesus no Fla: “Sempre será comparado”

Jorge Jesus está no Benfica, de Portugal, mas marcou época no Flamengo. O treinador ficou 13 meses no Rubro-Negro, perdeu apenas quatro jogos e conquistou cinco títulos, dentre eles, o Campeonato Brasileiro, a Libertadores da América e a Recopa Sul-Americana. Domènec Torrent chegou ao Mais Querido no dia 03 de agosto, e não terá vida fácil, segundo o jornalista Bruno Formiga.

Durante o programa De Placa, do Esporte Interativo, o jornalista foi questionado se o Domènec terá mais trabalho que Jorge Jesus à frente do Flamengo. Bruno Formiga acredita que sim, por conta de pegar um trabalho extremamente vitorioso e com jogadores já consagrados dentro do clube. Na visão do comentarista, o português chegou ao Fla sem ter com o que comparar, tendo em vista que Abel Braga havia sido demitido com muitas críticas.

O Jesus chegou com mais questionamentos do que o Domènec. O fato de ter o Guardiola, de ser uma indicação, de ser um cara que tem a experiência e o aval, isso dá uma proteção ao Domènec. Mas, o Domènec tem uma sombra que o Jorge Jesus não tinha. O Jesus partiu de pouca coisa, e o Domènec está partindo de muita coisa. E com muita gente tentando dar resposta em cima do Flamengo, como o Palmeiras, Internacional, Grêmio, o próprio Atlético-MG. Com o Jesus, a coisa ia caminhando e você não sabia onde ia chegar. Agora nós já temos o tamanho deste Flamengo que foi construído muito rápido. Além disso, o Jorge Jesus teve tempo, o que o Domènec não vai ter -, disse o jornalista, antes de prosseguir:

Por conta da sombra, o Domènec vai estar sempre sendo comparado. É complicado dar uma resposta sobre quem vai ter mais trabalho, mas o Jorge Jesus chegou com mais questionamento que o Domènec. Então, eu vou dar uma resposta sim, Domènec vai ter mais trabalho à frente do Flamengo que Jorge Jesus, porque tem uma obra pronta por trás, que vai gerar comparação e que, talvez, não dê paz em momento nenhum. Basta ver que o Flamengo perdeu neste domingo e já tem um monte de gente dizendo que o ‘cheirinho voltou’, ‘Domènec não é tudo isso’… -, ponderou Formiga, que concluiu:

— Você pode ter que lidar com a frustração de jogadores que achavam que poderia ter saído e não saíram, jogadores que achavam que iam dar um salto, que ia entrar como titular e não entrou, que ia ganhar espaço e não ganhou. Então, assim, tudo isso, o Jesus foi com essa galera todo mundo ao mesmo tempo. O Domènec chega com esse pessoal, talvez, com um nível de saturação, de repetição de modelo, tendo que implementar o dele que é complexo. Então acho que sim, porque eu vou por este olhar, mas eu entendo que no ponto de vista campo e bola, o Jesus teve uma trabalheira gigante -, encerrou.

Enquanto isso, Domènec Torrent estreou pelo Flamengo neste domingo (09) e perdeu por 1 a 0 para o Atlético-MG, com gol contra de Filipe Luis. O treinador agora prepara a equipe para o jogo contra o Atlético-GO, nesta quarta-feira (12), válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo será disputado no Olímpico, em Goiânia, e terá início às 20h30 (horário de Brasília).

Publicado em colunadofla.com.