Ao que tudo indica, o técnico Reinaldo Rueda já conseguiu incutir na cabeça dos atletas que mesmo um grupo do qual se espera um futebol vistoso pode basear seu jogo na chamada eficiência. “Conquistamos a vaga na vontade e com muita disposição. Não foi apenas com a qualidade”, destacou o meia Diego, autor do gol que garantiu a vitória sobre o Botafogo, no Maracanã.

As declarações do experiente zagueiro Juan, que completou 300 partidas com a camisa rubro-negra, só comprovam o espírito com o qual o Flamengo entrou em campo nesta semifinal. A ideia era justamente mostrar o valor de cada um dentro das quatro linhas. "Disse aos jogadores no primeiro jogo que o nosso momento havia chegado. Essa chance não poderia passar.” A grande expectativa que se colocou em cima de um elenco milionário, se não foi plenamente satisfeita, pode ser compensada. Afinal, deixaram o Flamengo chegar.