• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Composto em 1920, Flamengo faz releitura para celebrar 100 anos do hino oficial

IMAGEM: REPRODUÇÃO/FLA TV

O hino oficial do Flamengo completa neste mês de novembro, 100 anos. Sob o título de “Hino Rubro-Negro”, foi criado em 1920 por Paulo de Magalhães, que assina a composição da letra e música. A canção foi apresentada publicamente pela primeira vez em 15 de novembro de 1920, pelos atletas do clube, que a cantaram no antigo campo da Rua Paissandu. Para celebrar a data, a Fla TV reuniu vários artistas que torcem para o Mais Querido e fizeram uma releitura especial com direito a clipe.

Apoie o Mengão! Camisa e outros produtos oficiais em promoção

A canção, adotada como hino oficial em 21 de abril de 1921, após aprovação da Assembleia Geral, ganhou uma nova interpretação nas vozes de Xande de Pilares, Sandra de Sá, Dudu Nobre, Buchecha, Rodrigo Santos, Léo Jaime, Ivo Meirelles e outros artistas. O clipe faz recortes dos momentos de glória do Fla em diversas modalidades esportivas.

Confira o clipe com a releitura especial do hino oficial do Flamengo:

O “Hino Rubro-Negro” é entoado nos eventos internos do Flamengo como reuniões dos Conselhos, eventos e assembleias. Paulo Magalhães, o autor, foi atleta de futebol do clube em 1918 e 1919. O Fla tem um outro hino, o que é considerado popular e cantado pelos torcedores nas arquibancadas, que é a “Marcha do Flamengo”, composto no final da década de 1940 por Lamartine Babo. O seu verso inicial “Uma vez Flamengo, sempre Flamengo” é tão marcante que o grande público até desconhece que não é o oficial.

Publicado em colunadofla.com.