| Futebol

Conca treina até fora do Flamengo e fica mais forte para provar que pode ter última chance

flameng - Conca treina até fora do Flamengo e fica mais forte para provar que pode ter última chance

Embora não tenha total confiança da comissão técnica e dos jogadores do Flamengo, Conca ainda espera provar que só não ajudou mais o time na reta final da temporada por falta de coragem dos treinadores em escalá-lo nos jogos para ganhar mais ritmo. O meia argentino inclusive se dedica em horários alternativos ao dos treinamentos no Ninho do Urubu, e fora do clube adquire intensidade que acredita ser suficiente para ter uma chance de entrar em campo antes da despedida do Flamengo.

As oportunidades são raras até o fim do empréstimo em dezembro, quando volta para a China, mas o jogador apresenta dados físicos que podem convencer o técnico Reinaldo Rueda a lhe dar a última chance. Além disso, seus exames nutricionais indicam ganho de massa muscular e perda de medidas, o que garantiria mais leveza aos movimentos que, para quem observa os treinamentos, ainda não são ideais.

A falta de ritmo de jogo observada pela comissão técnica é atribuída pelo jogador a falta de treinamentos específicos. Desde que foi liberado pelo departamento médico, Conca chegou a fazer treinos direcionados, mas ultimamente faz as atividades de campo com os atletas não relacionados ou joga no time reserva, como fez nesta terça, durante um coletivo. Desde semana passada, faz atividades em local particular com o clube ciente.

O jogador se recuperou de uma lesão grave no joelho esquerdo depois de vários meses de recuperação e chegou a jogar alguns minutos em dois jogos, mas nunca mais foi utilizado. Com Zé Ricardo, chegou a faltar a um treino, irritado com o desdém. Com Rueda, foi relacionado algumas vezes, mas também não foi útil dentro de campo.

O treinador colombiano ficou intrigado com a situação do argentino, como o EXTRA mostrou na edição desta terça-feira, mas ainda não bate de frente com a avaliação da comissão do clube. Seu preparador físico, Carlos Velazco, garante não ter conhecimento do que o meia faz fora do clube.

Ao Esporte Interativo, o vice de futebol Ricardo Lomba disse que a contratação foi perfeita.

- Acho que a contratação foi muito boa. O Conca é um craque. Excelente jogador. O projeto foi correto. Se eu estivesse no futebol e fosse consultado apoiaria a contratação. Infelizmente não deu certo. Apesar de estar recuperado, ser relacionado, não tem entrado por opção técnica. Mas a contratação foi perfeita - afirmou.

Fonte: https://extra.globo.com/esporte/flamengo/conca-treina-ate-fora-do-flamengo-fica-mais-forte-para-provar-que-pode-ter-ultima-chance-22069785.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.