Condenado pela morte de torcedor do Botafogo, em 2017, é preso

Condenado pela morte de torcedor do Botafogo, em 2017, é preso

Policiais da 29ª Delegacia Policial, de Madureira, prenderam no domingo Wallace Costa Mota, condenado pelo envolvimento na morte de Diego Silva dos Santos, torcedor do Botafogo assassinado em 12 de fevereiro de 2017, antes do confronto entre o Alvinegro e Flamengo no Estádio Nilton Santos pelo Carioca.

Conhecido como "Tabajaras", Wallace estava foragido desde o dia 20 de março do ano passado. O ex-presidente da Torcida Jovem do Flamengo foi preso em Bangu e não resistiu à ordem de prisão. Os policiais o prenderam durante um churrasco e agora o preso será encaminhado para o Complexo Penitenciário.

Diego Silva dos Santos, de 28 anos, morreu após ser atingido várias vezes por um objeto "perfuro contundente" - um espeto de churrasco - antes da partida entre Botafogo e Flamengo. O clássico ficou marcado pelas brigas entre as torcidas organizadas no entorno do Estádio Nilton Santos.